NESTA TERÇA-FEIRA (29/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

Na madrugada desta quinta-feira (13) uma mulher matou o esposo após sofrer violência doméstica, no bairro Luiz Ometto em Américo Brasiliense. Segundo informações, vizinhos ouviram gritos e acionaram a Polícia Militar.

No local, os policiais encontraram uma mulher em desespero, gritando por socorro e pedindo que alguém chamasse o SAMU. Ela dizia a todo tempo que "não queria ter feito isso".

Na garagem da residência estava o corpo de Clodoaldo da Costa Teixeira, de 40 anos, com uma única perfuração de faca no peito.

Testemunhas afirmaram que o autor já possua histórico de violência doméstica e que, ao chegar em casa, iniciou uma discussão e partiu para agredir sua companheira. Para evitar as agressões, ela revidou com uma faca pequena,de serra, e golpeou seu companheiro uma única vez, no peito.

Clodoaldo chegou a caminhar até a cama do casal e se sentar, mas logo perdeu os sentidos e foi levado pela mulher até a garagem da residência, onde morreu.

O local foi isolado e a mulher, de 35 anos, foi levada para a delegacia de plantão. Ela foi autuada em flagrante por homicídio simples e encaminhada a cadeia pública de Fernando Prestes.

O filho da mulher e sua namorada, ambos adolescentes, presenciaram o fato. Suas versões só serão colhidas na presença do juiz, como indica a lei.

A autora passará por audiência de custódia.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo