NESTA SEXTA-FEIRA (21/02/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

O Departamento Municipal de Fiscalização da Prefeitura de Ibaté está reestruturado. Dois novos servidores foram contratados, através de Concurso Público que foi realizado no ano passado, e a atual administração municipal adquiriu um veículo zero-quilômetro para melhorar, ainda mais, o trabalho de fiscalização na cidade.

No início desse ano, o Departamento tem intensificado os serviços de fiscalização nos terrenos e áreas particulares no sentido de prevenir a saúde pública na cidade de Ibaté. “Janeiro tem sido um mês de muitas chuvas e, com isso, acaba acarretando em uma série de problemas para a saúde da nossa cidade, em especial, o surgimento de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue”, comentou o diretor Pedro Marques Dea.

Ele comentou que os fiscalizadores têm notificado os proprietários para que limpem e cuidem de seus terrenos. “Temos notificado todos os proprietários de terrenos e áreas que apresentam riscos à saúde da nossa população. Esse é um primeiro passo. Caso eles não tomem providências, nosso Departamento tem multado conforme determina a Lei Municipal 2.394/2008”, 2.935/2016 lembra o diretor.

Pedro ressalta que embora a Fiscalização tenha dado prazos aos proprietários, doze terrenos já foram multados até a tarde desta quarta-feira, 15. “Estamos intensificando esse trabalho para que a nossa população não sofra. Ano passado, mesmo com um trabalho intenso das agentes de saúde, tivemos um aumento grande no numero de casos de dengue aqui em Ibaté. Agora com o time reforçado, vamos atuar para que os casos diminuam ou deixem de ser registrados na nossa cidade”, finalizou.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo