NESTA SEXTA-FEIRA (14/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA MANOEL JOSÉ SERPA (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H.

A estância climática de Analândia se transformará no point da fotografia no próximo feriado prolongado. De 14 a 17 de novembro acontecerá a terceira edição do Festival “Analândia Cidade Fotográfica”, que neste ano terá a presença do documentarista premiado Pedro Saldanha Werneck, do programa Expedições.

O festival Cidade Fotográfica terá palestras e workshops sobre temas atuais e interessantes aos amantes da fotografia e da natureza.

Uma das novidades deste ano, além de todas as palestras gratuitas, será o local onde elas acontecerão: a escola José Jorge Neto, o primeiro Grupo Escolar da cidade, um marco afetivo para os moradores de Analândia.

Para o organizador, o fotógrafo e jornalista André Luís Ferreira, realizar as palestras e workshops no antigo grupo escolar é um resgate histórico: “Poder usar este espaço é uma honra, pois sempre investimos na preservação histórica e documentação pela fotografia”.

Analândia em foto e vídeo

Participando pela primeira vez de um festival de fotografia do interior de SP, o documentarista carioca Pedro Saldanha Werneck virá palestrar sobre Direção de Fotografia e seu recente trabalho na cobertura das queimadas na região amazônica, além de documentários marcantes como “Nascente do Amazonas” e o programa Expedições, comandado pela mãe, a jornalista Paula Saldanha, e o pai, o biólogo e cineasta Roberto Werneck, falecido em 2016. Pedro participou da criação da série, na qual foi câmera, finalizador e diretor. Conquistou diversos prêmios no Brasil e no exterior.

Pedro também visitará a Gruta do Índio para conferir as pinturas rupestres do local. Empolgado, diz que nunca esteve na região de Analândia: “Estou curioso para conhecer as belezas naturais e a gruta, além de trocar experiências fotográficas no festival”, diz.

Pesquisadores da USP visitaram a gruta em 2016 e calcularam que as pinturas e vestígios tem aproximadamente 5,5 mil anos.

Ainda, no dia 18/11, Werneck fará dois bate-papos sobre ecologia com os alunos da escola municipal Zezé Salles: “Trabalho com meus pais desde muito jovem, acompanhando a dinâmica das regiões pelo Brasil afora. O que mais me impressiona é o quão rápido essas regiões tão importantes para o Brasil estão sendo devastadas. Para piorar a situação, o conflito de dados ambientais e disseminação de Fake News questionam a Ciência, ameaçando o futuro do homem no planeta, é importante que as novas gerações saibam disso e passem a ter uma espécie de consciência ambiental sobre o Brasil e sobre o local onde moram”, conclui.

A programação completa do III Festival Analândia Cidade Fotográfica pode ser acessada na página: www.facebook.com/analandiacidadefotografica

 

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo