NESTA SEXTA-FEIRA (24/01/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 – AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 – AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Na noite deste sábado (14), uma mulher de 36 anos esteve na delegacia de Araraquara para registrar um caso de violência sexual que sua filha sofreu na última sexta-feira (13).

Segundo o relato da mulher, a filha, de 10 anos de idade, disse que um adolescente que é amigo de seu primo teria passado a mão em suas partes íntimas e depois esfregou o órgão genital no seu.

O fato teria ocorrido na residência da menina, no momento em que a mãe teria se ausentado. A vítima teria ficado na casa com suas irmãs, uma mais velha e outra ainda bebê. Além das irmãs o suposto primo, de 17 anos, também estava na residência.

Ao saber do fato a mãe levou a menina até o Pronto Socorro de Rincão. A menina foi  encaminhada ao Hospital Gota de Leite em Araraquara. A mãe foi orientada a fazer o Boletim de Ocorrência.

A Polícia Civil vai apurar o caso que foi registrado como estupro de vulnerável.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo