NA QUARTA-FEIRA (21/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi X Rua Marcos Vinicios de M. Moraes VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Avenida Henrique Gregori (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - Avenida Henrique Gregori (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H. 

A Câmara de Araraquara encaminhou ao Ministério Público (MP), para investigação, uma documentação, com mais de 130 guias de atendimentos odontológicos, supostamente realizados na clínica do dentista Ernesto Gomes Esteves Júnior. 

O profissional estava credenciado, há até pouco tempo, ao plano Inpao Dental que atende servidores da Câmara e vereadores de Araraquara.

Trinta guias teriam sido fraudadas. O caso foi descoberto depois que o convênio entrou em contato com beneficiários para avaliar a satisfação do cliente. Alguns servidores e vereadores, que nunca tinham passado pelo consultório do dentista mencionado pelo plano, desconfiaram. Alguns tinham sete atendimentos em seu nome, além de dependentes.

Em contato com o convênio, em São Paulo, o Portal Morada confirmou que o dentista está com o credenciamento suspenso e, enquanto a empresa não terminar a apuração do caso, ele está proibido de atender conveniados.

Em entrevista ao Portal Morada, o dentista negou a fraude e disse que acredita na possibilidade de alguma pessoa ter usado indevidamente a carteirinha do conveniado. 

Em todas as guias, que a reportagem teve acesso, constam assinaturas do profissional e do paciente. Mas, segundo a denúncia, as assinaturas foram falsificadas.

A Câmara encaminhou na tarde de segunda-feira, dia 15, a documentação ao Ministério Público solicitando apuração do caso.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo