NA QUARTA-FEIRA (21/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi X Rua Marcos Vinicios de M. Moraes VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Avenida Henrique Gregori (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - Avenida Henrique Gregori (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H. 

Entre os dias 5 e 9 de julho, a expectativa é que 348 mil veículos trafeguem pelo trecho administrado pela AB Triângulo do Sol, devido ao feriado no estado de São Paulo (Revolução Constitucionalista de 1932).

Na rodovia Washington Luís (SP-310), entre São Carlos e Mirassol, 219 mil veículos são esperados. Nas rodovias Brigadeiro Faria Lima (SP-326), entre Matão e Bebedouro, e Carlos Tonanni / Nemésio Cadetti / Lauretino Mascari / Dr. Mario Gentil (SP-333), entre Sertãozinho e Borborema, a expectativa é de 76 mil veículos e 53 mil veículos, respectivamente.

Em virtude da maior demanda de tráfego, todo o efetivo operacional da concessionária estará nas rodovias, garantindo agilidade e rapidez no atendimento aos usuários. As praças de pedágio também operam de maneira diferenciada para a fluidez do trânsito. 

Dias e horários com previsão de maior demanda de tráfego

05/07 (sexta-feira) – entre 16h e 24h

06/07 (sábado) – entre 7h e 15h

09/07 (terça-feira) – entre 15h e 23h 

Emergência e recursos operacionais

Em casos de emergência, os usuários das rodovias podem entrar em contato com a AB Triângulo do Sol por meio do número 0800 701 16 09 ou através dos telefones de emergência, disponíveis em todo o trecho sob concessão.

A concessionária disponibiliza nove viaturas de inspeção de tráfego, oito guinchos, quatro caminhões munck/pipa e sete ambulâncias. 

Recomendações de segurança

A AB Triângulo do Sol ressalta que o motorista deve adotar algumas medidas antes de seguir viagem, para evitar transtornos durante o trajeto. A manutenção preventiva dos veículos e a verificação de itens como pneus, luzes e freios são fundamentais para a segurança, assim como o respeito às leis de trânsito.

É importante ainda que o motorista respeite os limites de velocidade da via, não beba antes de dirigir, não utilize o celular ao volante e acenda os faróis durante o dia ao trafegar em rodovias. Além disso, todos os ocupantes do veículo devem utilizar dispositivos de retenção (cinto de segurança e assentos específicos para crianças).

Quando houver criança no veículo, deve-se observar a Lei da Cadeirinha (Resolução 277 do Contran), que determina que bebês de até um ano de idade devem ser transportados no bebê conforto, de costas para o painel. De um a quatro anos, as crianças devem ser colocadas em cadeiras para auto. Entre quatro e sete anos e meio, o ideal é que utilizem assento de elevação. Já crianças acima de sete anos e meio até dez anos devem viajar somente no banco traseiro, com a utilização do cinto de segurança. Após os dez anos de idade, a criança poderá viajar no banco dianteiro utilizando o cinto de segurança.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo