Nesta sexta-feira (16/08) os radares móveis estarão operando nos seguintes locais: 

RADAR 1 - Rua Miguel Petroni (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Avenida Comendador Alfredo Maffei (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Trabalhador São-carlense - (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

O Departamento Municipal de Esportes informa que a 3ª Corrida do Trabalhador será realizada amanha 01 de maio. A largada e chegada foi definida defronte ao Espaço Multidisciplinar Pirâmide da Mata do Alemão. O percurso da prova é de 05 quilômetros de distância, com início às 07h30.

Serão premiados os cinco primeiros no Geral (feminino e masculino), além dos cinco primeiros por cada categoria, que varia de 14 a 70 anos, sendo elas separadas de dez em dez anos, além dos 300 primeiros atletas que completarem o percurso, os quais receberão medalhas de participação.

O percurso será em asfalto, sendo a largada na avenida São João (defronte à Pirâmide), tomando rumo ao bairro Jardim Icaraí, seguido de Menzani, Santa Terezinha e se dirigindo ao Centro para, novamente, os atletas descer toda a Avenida São João, completando os cinco quilômetros.

O diretor de Esportes, Raul Seixas II, ressalta que a prefeitura disponibilizará água, suco, frutas durante todo o percurso, sem nenhum taxa de inscrição. “A Municipalidade oferece total estrutura para essas provas e, por isso, Ibaté tem se tornado referência nessa modalidade esportiva”, comentou.

José Luiz Parella, prefeito municipal, aproveitou para parabenizar e convidar os trabalhadores e atletas. “Parabéns para todos os nossos trabalhadores e esperamos poder contar com um grande número de atletas em mais essa corrida, organizada pelo pessoal do atletismo local, juntamente com o Departamento de Esportes da nossa cidade”, comentou.

Mais informações podem ser obtidas no Departamento de Esportes, na rua Dr. Teixeira de Barros, S/N, no Centro, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone (16) 3343-2323.

 



Comentário(s) 

+9
Luisao | 19 Maio 2018
Cidade suja ,esburacada, escura, calçadas quebradas, placas de trânsito da década de 60 apagadas, trânsito abandonado sem sinalização e semáforos, comércio quebrado, indústrias fechando, casas e lojas a venda, saúde pública e educação um caos, prefeito e vereadores vagabundos, enfim visitem são Carlos antes que os políticos acabem com ela.
+12
Palhaço | 19 Maio 2018
Não tem desculpa para esse caos. Se a grana tá curta, parem de ficar indicando cabos eleitorais para cargos técnicos de diretores e chefes. Hoje menos de 5% dos comissionados são ocupados por técnicos, por isso não funciona. Tem muito diretor e secretário ficando rico. Cargos técnicos ocupados por profissionais além de fazer a máquina funcionar, impede a roubalheira pois existe um diploma para ser respeitado. Agora quando se por cabos eleitorais nos lugares técnicos, obviamente facilita os desvios e roubalheira. O prefeito tem plena consciência dos desvios que estão acontecendo na prefeitura. Ele já teve acesso a essas gravações. Está sendo conivente com essa roubalheira. A cidade afunda e as contas bancárias engordam.
+9
Cesar | 19 Maio 2018
Eu acho que estamos vivendo uma história em quadrinhos, onde o burro falante, manda nos patetas e eles simplesmente obedecem pois são patetas, imaginem um pateta desses na câmara dos dep..t.dos. kkk
+10
cidadão | 18 Maio 2018
E por falar em transporte, os ônibus que vão para Santa Eudóxia sofrem atrasos quase diários de maneira absurda.
Os ônibus estão passando nos locais com 40 ou mais de uma hora de atraso. Está sendo comum pessoas perderem horário de trabalho e estudo princialmente no período da tarde.
Pessoas que deveriam pegar o transporte as 17:05 por vezes ficam mas de uma hora esperando e só conseguem sair depois das 18:00. Alguns ônibus rodam pela estrada com baixa velocidade e dá pra perceber que é por falha mecânica.
É preciso urgentemente que esse problema seja resolvido para que não prejudique mais a população que está pagando caro por um serviço ineficiente.
+13
leitor assíduo | 18 Maio 2018
Para diminuir as despesas municipais seria oportuno reduzir o número de vereadores. A redução da quantidade cadeiras para 13 ou 15 traria considerável economia aos cofres públicos e não prejudicaria o trabalho legislativo que deve ser medido pela qualidade e não pela quantidade de vereadores. Se houver a redução dos cargos de confiança no legislativo e no executivo, a economia será ainda maior. Cargo de confiança só presta para favorecer cabos eleitorais e pelegos de políticos e, quase sempre, nada acrescentam ao serviço prestado à população. Está na hora de mudar a história política de São Carlos e reescrevê-la com os olhos voltados para o interesse público.
+13
Cidadão | 18 Maio 2018
Olha que coisa "Sistema (portal e site) R$ 200 mil" em uma cidade que tem os melhores cursos de com[...]ção do país, onde já se viu gastar 200 mil/mês com portal e site. Se a prefeitura contratar um bom desenvolvedor com salário de 5 mil, ainda fica mais barato que isso. Realmente o dinheiro público é muito mal gasto mesmo.