OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA (24/4) NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Av. Dr. Germano Fehr júnior (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - Rua Miguel Petroni (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Av. João de Guzzi x Rua Marcos Vinicius de M. Moraes - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A partir da próxima segunda-feira, 28, o Centro de Formação Artística "Anna Ponciano Marques", localizado no bairro Jardim Cruzado, em Ibaté, abrirá as matrículas para diversos cursos que são ministrados no local.

As matrículas vão até o dia 15 de fevereiro e podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h ao 12h, no período da manhã, e das 13h às 17h, no período da tarde, no próprio Centro Cultural.

Joziel Gama, diretor do Centro Cultural, conta que o objetivo do local é proporcionar aos ibateenses uma oportunidade para que possam adquirir novos conhecimentos e descobrir profissões.

Os cursos estão divididos em Música (Banda Marcial, Violão, Viola, Baixo Elétrico, Teclado e Percussão); Dança (Dança de Rua, Dança Contemporânea e Balé); Cultura Geral (Capoeira, Desenho Artístico, Pintura em Tecido, Aulas de Circo); Atividades de Formação Continuada e Profissionalizante (Adesivos e Jóias de Unha, Informática, Curso Profissional Administrativo e Tecnológico), o Curso de Cabeleireiro, em parceria com o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), além de Karatê e Taekwondo, em parceria com o Departamento Municipal de Esportes.

O prefeito José Luiz Parella ressalta que os cursos atendem toda a população. "Os cursos são para crianças, adolescentes e também temos idosos buscando capacitação. Os alunos participam das aulas gratuitamente e ainda recebem um lanche, fruta, suco, enfim", afirmou.

O Centro Cultural de Ibaté fica na Rua Itirapina, sem número, no Jardim Cruzado. O telefone para contato é o (16) 3343-4676.



Comentário(s) 

+1
Nina | 27 Fevereiro 2018
Existe em São Carlos a OAB. Será que não existe um profissional capacitado em legislação para auxiliar. Se São Carlos é a cidade da tecnologia, existe a UFSCAR e a USP com profissionais capacitados em estatísticas, custos, etc., para auxiliar. Se São Carlos não tem nenhum destes profissionais capazes ao menos de auxiliar o cidadão de sua terra, melhor seria ir buscar em outros rincões deste Brasil. Ou será melhore fechar São Carlos.