NESTA SEXTA-FEIRA (18/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

A Câmara Municipal aprovou na sessão desta terça-feira (11) o Plano Diretor de Turismo (PDTur) de São Carlos de autoria da Prefeitura. O PDTur tem como objetivo o planejamento de orientação ao desenvolvimento econômico, político, social e cultural sustentado do turismo no município, visando à melhoria das condições de vida de sua população, com inclusão social e respeito ao meio ambiente.

O Plano de Ações será desenvolvido com projeção de implantação para o período de cinco anos para atender o planejamento, diretrizes, estratégias e objetivos aos eixos apontados no prognóstico realizado pela equipe técnica.

O Projeto prevê que quaisquer atividades turísticas, que venham a se instalar na cidade, independente da origem da solicitação, ficarão sujeitas ao disposto no PDTur. O órgão responsável pela regularização da atividade poderá estabelecer de acordo com critérios determinados pelas legislações Federal e Estadual, e o Ministério do Turismo, em suas atribuições, as atividades que poderão ser consideradas turísticas e quais deverão ser regulamentadas, respeitados os princípios constitucionais, os quais estarão submetidas o que está determinado neste PDTur.

O Projeto também indica que os recursos para a viabilização do PDTur poderão ser utilizados do Fundo Municipal de Turismo – FUMTUR; de Taxas e tarifas que venham a ser criadas, com a aprovação do Poder Legislativo Municipal; de Recursos arrecadados oriundos do exercício do poder de polícia, bem como, oriundos de processos judiciais; de Recursos provenientes de subvenções, convênios e produtos de aplicações de créditos, celebrados com os organismos nacionais ou internacionais; ou de outros instrumentos financeiros instituídos por Lei Municipal.

O PDTur foi elaborado pelo Departamento Municipal de Turismo de São Carlos em parceria com o Departamento de Turismo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), do Campus Sorocaba. 

“Há muita coisa por fazer e o Plano irá estabelecer os caminhos futuros para que não haja descontinuidade”, frisou o secretário de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto.

Demanda Turística Potencial de São Carlos 

De acordo com o projeto, o destaque turístico da cidade estaria ligado à inovação, negócios, ciência e tecnologia, economia criativa e solidária. 

O segundo segmento considerado com mais potencial em São Carlos está ligado ao turismo acadêmico, estudantil e esportivo. 

Ainda segundo o PDTur, o município possui cerca de 10% de sua população composta por universitários, recebe anualmente dezenas de eventos ligados ao calendário acadêmico, como encontros culturais e seminários e congressos acadêmicos, além de jogos universitários que atraem anualmente milhares de visitantes para a cidade. 

O terceiro segmento com demanda potencial a ser explorado é o do Turismo Histórico Cultural. 

De acordo com o projeto, a cidade conta com 74 monumentos mapeados e roteirizados, com placas de identificação, que contam a história dos mesmos em três idiomas, tanto na área urbana quanto em áreas rurais, além de patrimônios estaduais e nacionais. 

O quarto segmento turístico para ser explorado seria o ciclo turismo. Como destaque, no PDTur é citado como ponto de partida do "Caminho da Fé" e ponto de passagem do Circuito "Caminho da Paz". 

Por fim, o quinto segmento é o turismo de natureza, onde são citadas cachoeiras da região e as represas do Broa e do 29. 

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo