NESTA SEXTA-FEIRA (11/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1- AV. COMENDADOR ALFREDO MAFFEI, OPOSTO AO N° 4001 SENTIDO CENTRO/BAIRRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2- AV MORUMBI, PRÓXIMO AO N° 1416 CENTRO/BAIRRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3- AV. GETÚLIO VARGAS, PRÓXIMO AO GINÁSIO MILTON OLAIO BAIRRO/CENTRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

A Comissão formada pelos secretários Mariel Olmo (Serviços Públicos), Mário Antunes (Fazenda), Mateus de Aquino (Comunicação) e pelo vereador Marquinho Amaral se reuniu pela primeira vez na manhã desta quarta-feira (25/09), no Paço Municipal, para início dos trabalhos de análises do cumprimento do Contrato nº 119/10, firmado entre a Prefeitura e a São Carlos Ambiental, empresa contratada por meio de parceria público privada (PPP), responsável pelos serviços de coleta e destinação final ambientalmente adequada dos resíduos do município.

As denúncias, feitas pelo próprio vereador de Marquinho Amaral, relatam supostas condições insalubres no aterro sanitário e de descarte irregular realizado por outras prefeituras da região e empresas privadas sem a devida anuência contratual, impactando diretamente a vida útil do aterro, com prejuízos ao erário público.

A Comissão somente vai se pronunciar após a finalização dos trabalhos. A reunião serviu para definir a metodologia do trabalho e a cadência dos encontros, que deverá acontecer duas vezes por semana, para dar celeridade ao processo. A próxima reunião de trabalho ficou marcada para segunda-feira, dia 30 de setembro.

A procuradora do município, Gabriela Arruda Leite e a chefe de gabinete da Secretaria de Serviços Públicos, Ana Lívia Santos, também participaram da reunião.



Comentário(s) 

+1
Antenado | 26 Setembro 2019
Quem vê está foto e não conhece, até acredita que são sérios! Tá aí um pessoal que sabe fazer teatro. Na hora da foto, pegam alguma coisa pra ler rápido. Depois, só risadas e piadas. Só bobo para acreditar mesmo.