Nesta sexta-feira (16/08) os radares móveis estarão operando nos seguintes locais: 

RADAR 1 - Rua Miguel Petroni (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Avenida Comendador Alfredo Maffei (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Trabalhador São-carlense - (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A Câmara de Vereadores de São Carlos, aprovou na sessão desta terça-feira (13) o aumento de 32% dos seus salários. Com 14 votos a favor e seis contra, o salário dos parlamentares passarão de R$ 5.763 mil para ser R$ 7.640,48 mil a partir da próxima legislatura em 2021.

Antes de aprovarem um projeto de resolução, os vereadores tiveram que revogar uma lei aprovada que dava um reajuste de 54%. Esta mudança foi uma sugestão do Ministério Público, segundo o presidente da Câmara, Lucão Fernandes. O MP orientou o Legislativo a fazer esse tipo de alteração por um projeto de resolução, não por um projeto de lei, como foi realizado em março. O Ministério Público ainda sugeriu que os vereadores tirassem um trecho do projeto de lei que dizia que o IPCA seria automaticamente inserido no subsídio.

Que votou a favor: Rodson Magno, Marquinho Amaral, Azuaite Martins de França, Cidinha do Oncológico, Ditinho Matheus, Edson Ferreira, Moisés Lazarine, Chico Lôco, Roselei Françoso, Laíde da UIPA, Luis Enrique, Malabim, Robertinho Mori,Sérgio Rocha votaram sim pelo o aumento do subsídio.

Quem votou contra - Dimitri Sean,Daniel Lima,Leandro Guerreiro, Elton Carvalho,Gustavo Pozzi e Julio César.  O presidente e vereador Lucão Fernandes não votou porque presidia a sessão.

 



Comentário(s) 

+1
cesar | 14 Agosto 2019
Simples na próxima eleição vamos tirar esses olhos gordos, trabalham duas vezes por semana, apenas elegem riquinhos do ano, nome de rua e aprovam tudo que o Boné solicita, para fazer isso não precisamos de edis fiscais, fora todos sem exceção.
Sistema Organização Contabil