NESTA SEGUNDA-FEIRA (21/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Av. Comendador Alfredo Maffei (bairro/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 2 - Av. Bruno Ruggiero Filho (shopping/rodovia) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 - Rua Miguel Petroni (bairro/rodovia) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Lucão Fernandes (MDB), se posicionou na manhã desta segunda-feira (1) contra a instalação de uma praça de pedágio na rodovia Thales de Lorena Peixoto Junior (SP-318), que liga a Capital Nacional da Tecnologia a Ribeirão Preto.

Lucão contou que na última sessão ordinária realizada na terça-feira, 25/06, moradores da área rural da cidade, utilizaram a tribuna livre e mostraram a indignação pelo ato do governo estadual. “Com a anuência de todos os vereadores, liberamos o tempo necessário para esse manifesto e já existia em pauta, uma Moção de Apelo, de autoria do vereador Elton Carvalho, versando sobre o mesmo assunto. No mesmo dia, também fizemos uma outra Moção de Apelo, esta assinada por todos os vereadores, mostrando a indignação da Câmara em relação a possível construção dessa praça de pedágio”, afirmou.

O parlamentar ressaltou que a Moção foi encaminhada, prontamente, ao Governo do Estado. “Encaminhamos e mostramos a nossa indignação. Repudiamos essa iniciativa e se de fato isso ocorrer, que o governo, juntamente com a empresa que vai instalar essa praça de pedágio, crie uma forma de isentar todos os moradores do entorno dessa praça de pedágio”, destacou.

Lucão ressalta que além da Agricultura Familia, que faz com que esses moradores se desloquem para a área central da cidade, também têm aqueles que utilizam o comércio e as escolas, bem como, a rede pública de saúde. “Sou totalmente contra a instalação dessa praça de pedágio e a Câmara Municipal também mostrou ser contra, através das assinaturas dessa Moção. Ademais, cabe ressaltar que esses moradores também se utilizam de Ribeirão Preto na questão de hospitais e outras coisas, então, dificulta muito a implantação dessa praça de pedágio, aqui em torno da cidade de São Carlos”, finalizou.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo