NESTA SEXTA-FEIRA (20/09) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi x Rua Marcos Vinicius de M. Moraes - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 2 – Avenida Francisco Pereira Lopes (shopping/usp) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 – Avenida Bruno Ruggiero Filho (bairro/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

Foi realizada na manhã desta quinta-feira (16) uma importante reunião com representantes da empresa GreenCard, Prefeitura Municipal, diretores do SINDSPAM, vereadores e comerciantes, para tratar do sistema de credenciamento de novas empresas para fornecer refeições prontas pelo GreenCard e também a liberação do uso do cartão em outros municípios.

Representando a empresa estiveram presentes Sérgio Luiz Ferrara (GreenCard São Paulo) e  Juarez Aiquei (Credenciamento GreenCard Brasil). Pela Prefeitura, participaram a secretária de Gestão Pessoal, Helena Antunes e de Governo Edson Fermiano. Representando o SINDSPAM estiveram o vice-presidente Lucinei Custódio e os diretores Gilberto Rodrigues e Wagner Ramos, pelo Legislativo estiveram presentes os vereadores Marquinho Amaral que foi o articulista deste encontro, Elton Carvalho, Daniel Lima, Roselei Françoso e Edson Ferreira. Alguns servidores públicos e comerciantes também acompanharam a reunião.

Após cerca de duas horas e meia, decisões importantes foram tomadas. A primeira é que a partir de agora o servidor público municipal poderá utilizar seu cartão GreenCard em qualquer cidade do território nacional e não somente em São Carlos. Outra decisão é que as empresas que foram descredenciadas, serão novamente credenciadas.

O credenciamento de novas empresas, será feito pela empresa GreenCard, cabendo a ela ainda fiscalizar as empresas credenciadas, para observar se o benefício está sendo utilizado na aquisição de refeições prontas. A fiscalização e gestão do contrato, continuará sob responsabilidade da secretária Helena Antunes. Os representantes do SINDSPAM informaram que novos estabelecimentos deverão ser credenciados, como por exemplo, delivery, restaurantes naturais e até supermercados que mantém rotesserie e fornece refeições prontas.



Comentário(s) 

+1
saocarlense | 16 Maio 2019
Valeu marquinhos amaral , tem de atuar nas coisas erradas que essa gestao da prefeitura faz.