NESTA SEGUNDA-FEIRA (26/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Rua José Bonifácio x Rua 1º de Maio (CENTRO/bairro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - Avenida Morumbi (CENTRO/bairro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Getúlio Vargas (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

 

A Prefeitura Municipal de São Carlos, está disposta a privatizar alguns serviços oferecidos para a população. Um projeto de lei que ainda poderá receber ajustes no texto, já está sendo elaborado nos corredores do Poder Executivo. O projeto estipula a concessão de alguns serviços pelo prazo de até 35 anos, por permissão ou autorização, sob o regime de concessão.

Na versão levada à Câmara consta a obrigação de licitar separadamente cada serviço público a ser concedido, com valores e prazos a serem estabelecidos e todos deverão ter a aprovação dos vereadores.

A Prefeitura quer a privatização de serviços públicos municipais, como cemitérios, parque ecológico, iluminação pública, praças, parques, espaços públicos para exploração de estacionamentos ou publicidade, ginásio de esportes, privatização dos boxes do mercado municipal entre outros.

O vereador João Muller, confirmou a existência de uma minuta de projeto. Mas teria proposto exclusão do SAAE neste pacote de concessões.

Atualmente está com a iniciativa privada: rodoviária, transporte público, pátio de veículos, coleta e tratamento de lixo numa PPP terceirizado, área azul,entre outros.

O projeto ainda não tem data para ir Câmara, a Prefeitura tenta trabalhar na legislação federal em consonância com os vereadores.



Comentário(s) 

-1
juvenal | 23 Abril 2019
Cesar se privatizar o saae sua conta de água vai vir com um valor umas quatro vezes a mais do que você paga depois não adianta reclamar, tem que pagar e ficar quieto, em relação as viaturas acho que você deveria ir lá e ver as viaturas em vez de falar besteira
+1
juvenal | 23 Abril 2019
A privatização é isso ai, agora quem quiser ir no parque ecológico passear com seus filhos vai ter que pagar, não concordo com isso e com nenhum tipo de privatização, visto que em muitas cidades que passaram por isso estão voltando atrás e tirando das mãos dos exploradores que só visam o lucro a qualquer preço
-1
cesar | 23 Abril 2019
Faltou o SAAE, do jeito que está só serve de cabide de empregos de políticos, funciona mau, abrem buracos enormes e não tapam, para arrumar um vazamento são dez olhando e um trabalhando, máquinas velhas, passou da hora de privatizar. Só dá prejuízos.
+1
Aécim Pódemais | 23 Abril 2019
Quando um governo privatiza , mostra sua total incompetência em gerir a coisa PÚBLICA que foi construida com o dinheiro do povo , é como as rodovias de SP o povo paga para fazer ai vem os tucanos e dão para os amigos cobrar pedágios.