NESTA SEXTA-FEIRA (15/02/19) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS:

RADAR 1 – AVENIDA Dr. Heitor José Realli (RODOVIA/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 – AVENIDA Dr. Heitor José Realli (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 AVENIDA Comendador Alfredo Maffei - (CENTRO/BAIRRO) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A edição do PREF_AOVIVO desta quarta-feira (30/1), apresentou a nova Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social. Durante aproximadamente 40 minutos, o secretário Samir Gardini falou sobre as propostas e objetivo da nova pasta, Plano Integrado de Segurança, Guarda Municipal, parcerias, moradores de ruas, canil, índices de segurança, entre outros assuntos.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social foi criada em dezembro, com a reestruturação administrativa da Prefeitura. “São Carlos foi muito feliz em criar a Secretaria de Segurança, hoje segurança pública é uma preocupação de todos. A segurança pública é dever do Estado, mas a Prefeitura não pode ficar fora dessa temática, porque o assunto reflete diretamente no município. Integrar as instituições, desenvolver políticas públicas, principalmente, para atender as questões primárias é o nosso papel. Com isso, as forças policiais ficam focadas nas questões mais críticas”, comentou Gardini.

Outro ponto da entrevista foi a implantação da Guarda Armada. A lei de criação da GM prevê a utilização de armas, mas com a falta de um departamento de controle, não era possível a concretização desse item. “Com a criação da Ouvidoria e Corregedoria, a previsão é que até o final do ano a Guarda de São Carlos seja armada. Na última terça-feira, protocolamos na Policia Federal em São Paulo o pedido para a utilização das armas”, informou o secretário.

O Plano Integrado de Segurança também foi destacado. “O município trabalhou nos últimos dois anos a atualização do Plano. Ele norteia as ações da nova Secretaria e é a espinha dorsal do nosso trabalho”, falou Samir Gardini. Entre os destaques do Plano estão à criação da secretaria, as parcerias, os convênios, a reestruturação da GM e da Defesa Civil, a criação da ronda Maria da Penha, a atualização das legislações municipais, entres outros.

Sobre os índices de violência divulgados pela Secretaria de Segurança Pública, Samir destacou o trabalho de todos. “Os índices tiveram queda significativa. Nos últimos dois anos, o trabalho que a Prefeitura vem desenvolvendo com segurança, investimentos e ações impactaram diretamente nos índices. O trabalho das Polícias Militar e Civil deve ser destacado. Houve redução em todos os índices. Homicídios, por exemplo, saíram de 27 em 2016 para 17 em 2018, a taxa de São Carlos é de 6,8 por 100 mil habitantes, a ONU preconiza 10 e no Brasil o índice é de 30”, afirmou.

Samir Gardini ainda falou sobre o protocolo para atender os moradores de ruas, sobre os investimentos em estruturas, os novos alarmes dos prédios públicos, parcerias com instituições privadas e associações diversas.

A entrevista completa pode ser conferida no link https://www.facebook.com/prefeiturasaocarlos/videos/608993242895564/.

Confira os dados da Secretaria de Segurança Pública – SSP/SP:

Homicídio Doloso

2016 – 27

2017 – 22

2018 – 17

Furto

2016 – 3.531

2017 – 3.207

2018 – 3.033

Roubo

2016 – 846

2017 – 865

2018 – 502

Furto e Roubo de Veículos

2016 – 724

2017 – 565

2018 – 470



Comentário(s) 

0
cesar | 31 Janeiro 2019
Resumindo, a GM segundo o Tenente Samir, diminuiu os índices de criminalidade e as PM e PC tem um destaque. Olha o Penha, será que vai dar certo, foi detonado na mídia e se calou, estranho. Espero que a ouvidoria e corregedoria, não seja ocupada por PM aposentados, está virando Batalhão a Prefeitura. Boné você está criando a cobra para te picar, espere e verás.