NESTA QUINTA-FEIRA (22/02/18), OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – AV. FRANCISCO PEREIRA LOPES (SHOPPING/USP) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 – AV. FRANCISCO PEREIRA LOPES (USP/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;  

RADAR 3 – R. EPISCOPAL (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H;

O vereador Chico Loco (PSB) apresentou na Câmara Municipal uma indicação sugerindo à Prefeitura a criação de um grupo de estudos para avaliar a possibilidade da implantação do transporte coletivo gratuito no município. 

“A ideia é que a Prefeitura crie um grupo para discutir, até mesmo para contemplar uma curiosidade da população, se há viabilidade técnica ou não do projeto de gratuidade no transporte de São Carlos. Eu acho que a população merece essa resposta e esse estudo não é dispendioso, mas é necessário ouvir pessoas com experiência, que tenham condições técnicas para argumentar os prós e os contras desse empreendimento”, afirmou o parlamentar. 

AGUDOS/SP – Chico Loco citou o exemplo de Agudos (SP), cidade localizada a 18 km de Bauru, que desde 2003 oferece transporte gratuito aos seus 36,7 mil habitantes. Apesar da diferença populacional, a extensão do município, que conta com 967,591 km², é semelhante à de São Carlos (1.137,332 km²). “O contingente populacional modifica a realidade, mas é possível fazer um redimensionamento e adaptar o caso para São Carlos”, disse. 

Como formas de custear o transporte, o vereador apresenta algumas ideias como a venda de espaços nos ônibus para publicidade (busdoor); o financiamento do vale transporte dos trabalhadores pelas empresas e o incentivo de lojas oferecendo aos seus clientes o pagamento da passagem até o estabelecimento comercial. 

“O momento é oportuno, pois como a Prefeitura conseguiu na Justiça o direito de não recolher o subsídio à empresa de transporte, o município está capitalizado e poderia dar início a esse projeto, pelo menos por um período de 30 dias, como experiência. É claro que muitas adaptações precisariam ser feitas”, destacou Chico Loco. 

O parlamentar pontuou que o transporte público na cidade não está organizado de forma eficiente e até mesmo não oferece muitas vantagens às empresas exploradoras desse serviço quanto à margem de lucro. Seria necessário o desenvolvimento de um novo sistema de transporte. 

SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE FROTA - Chico Loco sugere diversas alterações, como a implantação de dois Sistemas de Distribuição de Frota, sendo o Sistema Radial com fluxo centrípeto e centrífugo e o Sistema Circular integrando e interligando os distritos em sentido horário e anti-horário. Assim, haverá a interligação distrital pontual, sem interrupção, tornando a viagem mais rápida e segura, com convergência aos terminais centrais onde será feita a redistribuição dos passageiros. 

Também são necessárias outras adequações, como da qualidade dos veículos, da pontualidade e até mesmo de como as pessoas podem adquirir seus bilhetes de forma gratuita. Ainda é preciso analisar como seria feito um cadastramento dos passageiros, para que não aconteça um abuso do sistema. 

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – De acordo com o vereador, a tecnologia é fundamental no planejamento e desenvolvimento do transporte. O uso de aplicativos e sistemas de informação e dados poderia colaborar muito para que a gratuidade do transporte público funcione com sucesso em São Carlos. 

 

Além da sugestão da criação do grupo de estudos, Chico Loco encaminhou outra indicação à Prefeitura pontuando as propostas de adequações ao sistema. “É hora de São Carlos repensar e replanejar o transporte público para que nós tenhamos um futuro melhor na cidade”, finalizou.



Comentário(s) 

0
Cesar | 16 Fevereiro 2018
Se tiver mais estudos, será faculdade do transporte público e nada de melhorar, ou será o louco transporte de São Carlos, como o nome do nobre edil.
0
Aécim Pódemais | 15 Fevereiro 2018
A alcunha do nobre edil já diz tudo , o cara é louco de pedra e como já disseram aqui , não existe almoço de graça , sempre tem alguém que vai pagar a conta.
0
THiago | 14 Fevereiro 2018
É... tem parlamentar que gosta de se aparecer mesmo. Trabalhar que é bom nada. Só quer inventar moda. Sinto muito sr Vereador, não existe almoço grátis.
+6
Professor | 10 Fevereiro 2018
Poxa esse sr. é vereador, foi eleito ? Porque já faz mais de 1 ano que o mandato dos atuais parlamentares começou e é a principal vez que eu vejo uma manifestação dele na câmara.