NESTA SEXTA-FEIRA (19/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA FRANCISCO PEREIRA LOPES (USP/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

A futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos no governo Jair Bolsonaro, Damares Alves, tem um histórico de formação na cidade de São Carlos. Ela é formada em direito pela antiga Faculdade de Direito (FADISC), ela se mudou para a cidade em 1989. De acordo com informações, sua família (pais e irmãos), continuam residindo em São Carlos.

Como advogada, trabalhou na antiga COMTUR (Comissão Municipal de Turismo). “Esta excelente mulher foi minha secretária no departamento de Turismo no governo do prefeito Vadinho de Guzzi. Fez direito em nossa faculdade de São Carlos. Foi uma excelente advogada e tive uma secretária exemplar. Que Deus lhe abençoe e ilumine para o bem do nosso Brasil. Nossa cidade está de parabéns”, foi o que escreveu então presidente da COMTUR da época, Bertinho Medeiros.

Damares em 1998, se mudou para Brasília para trabalhar como assessora parlamentar na Câmara dos Deputados. Em 2015, se tornou assessora jurídica do senador Magno Malta (PR-ES).



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo