NESTA TERÇA-FEIRA (15/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1- AVENIDA GETÚLIO VARGAS (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AV.DR. HEITOR JOSÉ REALLI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

 

E as entrevistas do prefeito Airton Garcia, continuam sendo rechedas de frases de impacto. Na teoria, tudo parece ser bem fácil de resolver, mas é na prática que mora o problema. Esta semana em entrevista a Rádio Universitária FM,  Airton Garcia levantou dúvidas sobre a dívida da Prefeitura com a Suzantur, que faz o transporte emergencial em São Carlos. A concessionária reclama o pagamento de R$ 6,5 milhões, aproximadamente.

“Isso aí é uma planilha, uma conta que eles tem, eu também sei fazer planilha, se quiseram faço uma em que eles devem R$ 1 bilhão para a Prefeitura, se ameaçam o prefeito dizendo que vão parar (o transporte e achando)  que eu vou dar dinheiro para eles, não vou”.

Ainda a respeito da dívida, Airton ironizou a Suzantur dizendo que a empresa faz uma planilha que seja boa para ela. Airton criticou  a Suzantur e afirmou que ela pode parar o serviço em São Carlos. “Eles podem parar, eu não mando na firma, mas tenha certeza que em um dia ou dois coloco outra empresa trabalhando em São Carlos”, destacou. Para Airton, o melhor caminho na negociação seria o diálogo, mas ele diz que é adepto do diálogo sem chantagem.

Editais - Com relação às seguidas impugnações nos editais colocados na praça pela Prefeitura, Airton ressaltou que tem que cumprir a lei e que o Tribunal de Contas do Estado é lento para analisar os casos. “O prefeito tem que cumprir a lei, é uma lei maluca, ultrapassada que não atende os interesses da população, mas enquanto não mudar a lei, o que posso fazer é mudar alguma coisa”, disse.

 

Airton foi enfático a falar de uma possível paralisação do transporte: “Não tenha dúvida que no outro dia vai ter bicicleta, charrete, van, vai ter de tudo transportando na cidade”. O prefeito também fez questão desmentir um boato que circula em São Carlos de que ele seria dono de uma empresa de ônibus e que por isso estaria dificultando o trabalho da Suzantur. 



Comentário(s) 

+4
Mara | 04 Outubro 2017
Como sempre tenho dito, quando esse ser "prefeitinho" fala, meus ouvidos se tornam privada! Lamentável,
+2
Eleitor | 04 Outubro 2017
Já passou da hora do povo ir a câmara municipal e exigir a saída desse maluco incompetente, mentiroso, mil vezes pior que o Altomani.