NESTA SEXTA-FEIRA (13/12) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – Rua Rui Barbosa (CENTRO/BAIRRO) vELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 kM/H; 

RADAR 2 – Avenida Francisco Pereira Lopes (usp/ shopping) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 – Rua Miguel Petroni (rodovia/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A Prefeitura Municipal de São Carlos publicou o balancete de abril no Portal da Transparência. Nos quatro primeiros meses (janeiro/abril) foram arrecadados 235,2 milhões de reais de 638 milhões de reais estimados para 2016. Em 2015, no mesmo período, ou seja, primeiro quadrimestre o município arrecadou 226,9 milhões. Portanto o aumento da receita no período foi de 3,6%.

Numa análise rápida percebe-se que o aumento da arrecadação está na receita própria do município, IPTU e ISS. Em 2015 de janeiro a abril São Carlos arrecadou 40,1 milhões de reais, em 2016 no mesmo período foram 46,8 milhões de reais, o que significa 16,7% a maior.

As duas receitas correntes mais importantes, ICMS do estado e FPM da União ficaram estáveis. Não houve queda, mas não teve acréscimo mesmo com a inflação de 10,67% no período. De ICMS arrecadou 48,4 milhões em 2016 contra 47,4 milhões em 2015. Já de FPM em 2016 recebeu 18,9 milhões de reais contra 19,8 milhões de reais em 2015.

Já em relação aos repasses do Sistema Único de Saúde para o custeio dos procedimentos na área de saúde, serviços e convênios houve uma pequena redução. Em 2016 o Ministério da Saúde repassou 4,9 milhões de reais em abril. No exercício financeiro de 2015, em abril o repasse foi de 5,3 milhões de reais. O que significa 8,1% a menor.

(*João Muller, ex-presidente da Câmara Municipal e ex-secretário da Prefeitura de São Carlos)

 

 


Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo