NESTA SEXTA-FEIRA (07/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA RUI BARBOSA (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H;

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Uma mulher de 32 anos foi encontrada morta dentro de um ônibus na manhã desta terça-feira (06), em Américo Brasiliense. O ônibus saiu do estado da Bahia (BA), no início da semana, porém ao chegar em Américo Brasilense uma passageira estava sem vida em sua poltrona. Imediatamente uma equipe do SAMU foi chamada, mas nada pode fazer.

Outros passageiros e o motorista relataram que durante uma parada na cidade de Pato de Minas (MG), a passageira chegou a descer do ônibus, aparentemente bem. Porém em outra parada, na cidade de Ribeirão Preto (SP), a mulher estava enrolada em um cobertor, aparentemente dormindo.  

Nossa reportagem entrou em contato com a Diretora de Saúde de Américo Eliana Marsili, que confirmou o itinerário do ônibus e que a passageira chegou a tomar um analgésico em Ribeirão Preto (SP), por conta de febre e tosse. Como o sintoma é semelhante ao do Covid-19, seguindo o protocolo do Ministerio da Saúde, uma equipe da Vigilância Epidemiológica, foi acionada e o colheu material, que foi encaminhado ao Instituto Adolfo Lutz. 

O corpo foi encaminhado para a cidade de Ibaté (SP), onde a mulher tinha parentes. 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo