NESTA SEGUNDA-FEIRA (24/02/2020) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (SHOPPING/ BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

.

A Polícia Civil de São Carlos, investiga um grupo criminoso que estaria aplicando golpes na internet usando o brasão do munícipio de São Carlos. O grupo criou um site de leilão de veículos para aplicar os golpes. Pelo menos 16 pessoas já foram enganadas e tiveram prejuízos. Depois de dar o lance e depositar o dinheiro, a vítima descobre que o veículo não existe.

A Polícia Civil investiga o caso como estelionato e a administração municipal tenta retirar a página do ar.

Uma das vítimas viu o anúncio de um carro no site “São Carlos Leilões”, ele fez o cadastro, entrou em contato com a secretaria eletrônica dele e recebeu a mensagem de que estava apto a dar lances. Ele recebeu fotos do veículo e documentos supostamente timbrados. O modelo do carro custava em média mais de R$ 30 mil, mas no leilão custava menos de R$ 15 mil.

Depois de ter feito a transferência de mais de R$ 12 mil, a vítima foi a São Carlos. No endereço onde estaria o veículo, ele encontrou o pátio municipal, onde ficam automóveis apreendidos. Esta vítima registrou um boletim de ocorrência e espera que a polícia descubra quem está por trás do golpe.

Outras 10 pessoas procuraram a Secretaria de Transportes e outras cinco também foram ao pátio municipal dizendo que tinham comprado um veículo no mesmo leilão.

Na quarta-feira a prefeitura divulgou que as informações do site são falsas. A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito informou que que não foi realizado recentemente nenhum leilão de veículos pela Prefeitura de São Carlos no Pátio Municipal e que as informações constantes na internet sobre o endereço da empresa não são verdadeiras. A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito desconhece a existência dessa empresa "São Carlos Leilões".

A Prefeitura e o Departamento Jurídico já está tomando todas as medidas cabíveis, orientando através da mídia, fazendo boletim de ocorrência e tentando tirar o mais rápido possível o site do ar”, disse o diretor de Trânsito.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo