NESTA TERÇA-FEIRA (04/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Policiais Civis de São Carlos e Ribeirão Bonito, conseguiram prender nesta quinta-feira (02), um homem suspeito de envolvimento na morte do prefeito de Ribeirão Bonito Francisco José Campaner (PSDB) o Chiquinho Campaner. O acusado, cuja identidade ainda não foi revelada, foi preso em São Paulo e se encontra preso temporariamente no Centro de Triagem de São Carlos. 

O inquérito, que tem o apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos, segue em sigilo por determinação da Justiça. Chiquinho Campaner, foi assassinado com quatro tiros no dia 26 de dezembro do ano passado. O corpo dele foi enterrado um dia depois em Ribeirão Bonito. 

No ataque, o chefe de gabinete, Edmo Gonçalo Marchetti e Ary Santa Rosa também foram baleados. Os dois tiveram ferimentos, foram levados para o hospital e tiveram alta.

Campaner estava no primeiro mandato como prefeito, após ter sido vereador em Ribeirão Bonito. Ele era solteiro e não tinha filhos.



Comentário(s) 

0
cesar | 03 Janeiro 2020
Parabéns a Policia Civil por trabalhar para esclarecer a morte do prefeito; só para lembrar, aqueles coitados da chacina do CDHU da Vila Izabel, ninguém preso, ah tá, eram pobres e viciados, não são seres humanos. Entendi, retiro os parabéns.