NESTA TERÇA-FEIRA (22/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI - (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/ BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 – AVENIDA FRANCISCO PEREIRA LOPES (USP/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Duas pessoas foram esfaqueadas e ficaram gravemente feridas em uma briga por causa de uma dívida, em São Carlos (SP). O crime aconteceu no início da madrugada desta segunda-feira (9).

Segundo o delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São Carlos, Gilberto de Aquino, o homem identificado como Wilson José de Laia chegou a um bar com a filha de 12 anos e foi tirar satisfação com um homem, que estava com mais dois amigos em uma das mesas, por uma dívida de um acidente de carro ocorrido anos atrás.

Um dos amigos tentou acalmar Laia e foi atingido por uma facada no abdômen. Gabriel Henrique da Silva foi socorrido e levado para a Santa Casa. Segundo a assessoria da Santa Casa, ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado é grave, mas estável.

O agressor fugiu do local com a filha após ser atingido por copos e bebidas jogados por clientes do bar, mas voltou logo em seguida.

O homem que seria o devedor saiu correndo e foi perseguido no meio de um estacionamento de carros, até que Laia foi atingido por um golpe com um pedaço de madeira, dado pelo outro amigo.

Laia caiu no chão e foi golpeado com a própria faca pelo homem que estava perseguido. Ele foi socorrido e está internado no Pronto-Socorro da Santa Casa em estado grave.

A perseguição e agressão foram gravadas por câmera de segurança e as imagens foram recolhidas pela polícia.

O delegado irá pedir a prisão preventiva de Laia. “Porque foi ele que deu causa a esse crime. Com relação aos outros dois, eles responderão a esse crime por eventuais excessos que eles cometeram, porque a partir do momento em que eles estavam sendo perseguidos pelo agressor eles poderiam ter derrubado o cara, talvez não precisasse ter desferido o golpe, mas ficará a critério da Justiça”, afirmou. 

Briga por causa de acidente 

Segundo o delegado Aquino, Laia foi atrás de uma das vítimas para cobrar uma dívida por causa de um acidente que aconteceu há alguns anos.

“Por que ele fez isso? Porque na realidade ocorreu um acidente anos atrás que envolvia o Wilson, que estava no Honda Civic, dirigindo juntamente com o homem que ele ameaçou. Ele perdeu a direção do volante na rodovia sentido Ibaté-São Carlos e acabou colidindo esse veículo e acabaram se machucando. Ele perdeu esse veículo que não tinha seguro, e a partir daí ele cobra do homem que estava com ele para que ele pague o prejuízo, mas era ele que estava no volante e foi isso que causou essa ameaça do bar”, explicou o delegado.

 


Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo