Imprimir esta página

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, alinhado ao Programa Respeito à Vida – São Paulo Dirigindo com Responsabilidade e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011- 2020 (ONU), realizou no período compreendido das 00h do dia 14 de novembro de 2019 (quintafeira), até as 23h59min do dia 17 de novembro de 2019 (domingo), a Operação “República”, nos mais de 22.000 km da malha rodoviária do Estado de São Paulo, considerando que somente nesse período, em torno de 2,5 milhões de veículos deixaram a Capital paulista em direção as diversas regiões do Estado.

Com o planejamento e presença do Policiamento Rodoviário nas estradas e rodovias, é necessário destacar que, todo esse esforço e intensificação da fiscalização levou a redução de vítimas fatais em -37,84%, porém a maioria dos acidentes poderiam ter sido evitada, pois em grande parte dos casos, a causa desses sinistros esteve relacionada à imprudência, negligência ou imperícia dos condutores, sendo que das 23 vítimas fatais, 06 morreram em decorrência na condução de motocicletas (23,08%) e 6 mortes foram decorrentes de atropelamentos (23,08%), que juntas, correspondem a 52,17% do total de mortos.

Infelizmente, a desatenção, o desrespeito às sinalizações, são fatores que ainda contribuem para essas ocorrências. Em razão disso, o Policiamento Rodoviário tem priorizado as fiscalizações, quanto às ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade e outros comportamentos nocivos à segurança viária por parte dos usuários das vias.

Com o foco principal na preservação da vida, foram elaborados:

* 24.480 autuações (aumento de -38,85%), além de autuações por excesso de velocidade, 16.786 imagens de radar (aumento de -39,19%), o que demonstra que a imprudência dos motoristas ainda é elevada;

* 421 autuações (-11,55%) em decorrência de motoristas flagrados sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas, que determinem dependência, bem como, 526 autuações em condutores que se recusaram ao teste do etilômetro, sendo que 9.636 motoristas realizaram o teste do etilômetro (aumento de 40,47%), destes, 10 foram presos em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante (-23,08%), sendo que destes, 06 se envolveram em acidentes de trânsito.

* 4.402 autuações por não utilizarem o cinto de segurança e outros dispositivos de retenção;

* 2.289 autuações por ultrapassagens pela contramão de direção;

* 29 veículos foram removidos para os pátios;

* 947 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) recolhidas;

* 983 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) recolhidos. Mediante o planejamento operacional realizado, visando o combate aos diversos ilícitos penais, destacam-se:

* 64 pessoas (aumento de -4,48%) presas em flagrante por outros crimes;

* 12 procurados pela Justiça foram recapturados e devolvidos ao sistema penitenciário;

* 360,547 kg de drogas apreendidas (40,245 kg de cocaína e pasta base; 317,095 kg de maconha; e outras);

* 1.005.670 maços de cigarros apreendidos.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.