Imprimir esta página
A Polícia Civil da Capital, por meio do 5° Distrito Policial (Aclimação), prendeu, na manhã deste domingo (17), um homem, de 37 anos, que se passava por produtor cultural para abusar de mulheres. O criminoso usava as redes sociais para atrair as vítimas para falsos testes para peças teatrais.
 
“Nós fomos procurados pelas vítimas e iniciamos a investigação. Prendemos o suspeito em sua casa, no Mandaqui, na zona norte de São Paulo. No local havia o quarto usado para os falsos testes, abusos e até mesmo cárcere privado”, contou o delegado Wilson Roberto Zampieri, titular da delegacia que presidiu o inquérito policial.
 
De acordo com o delegado, as investigações duraram cerca de um mês e permitiram constatar que o homem tem cometido o crime desde o ano de 2017. O rapaz primeiro atraía suas vítimas e depois as levava para sua própria casa para o falso teste. Quando elas percebiam o golpe e a intenção do criminoso, eram ameaçadas e mantidas em cárcere privado para que o suspeito cometesse atos libidinosos e estupros.
 
 


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.