NESTA SEXTA-FEIRA (14/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA MANOEL JOSÉ SERPA (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H.

A secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Araraquara acompanha o caso de um morador de rua que foi queimado na madrugada desta terça-feira (29). As suspeitas são de outro morador de rua tenha provocado as chamas criminosamente. 

O caso aconteceu no centro de Araraquara, onde o idoso se abriga, atrás do Mercado Municipal. Nas paredes e no chão é possível ainda observar as marcas do incêndio.

O morador de rua sofreu queimaduras nas costas. Populares se sensibilizaram com a situação e acionaram a secretaria para o atendimento. Além disso, ele tem um grave ferimento em uma das pernas.

Equipes de abordagem da Assistência Social e da secretaria da Saúde localizaram o idoso, que foi encaminhado à UPA Central. Recluso, ele evitou comentar as circunstâncias do incêndio e temia ter a perna amputada. Por causa disso, ele fugiu da unidade sem ter o tratamento concluído. As equipes foram novamente acionadas e tiveram que convencê-lo a aceitar o atendimento.

Em nota, a secretaria informou que já realiza o monitoramento desse morador, que possui família na cidade e não aceita os serviços de acolhimento do setor. Ainda segundo a pasta, aceitar atendimento "é fator preponderante para a atuação das equipes do Centro Pop, Abordagem Social e Casa Transitória. É realizada a abordagem, oferece-se o atendimento, mas diante da negativa é realizado o monitormento"



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo