NESTA QUINTA-FEIRA (14/11) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida Bruno Ruggiero Filho (BAIRRO/shopping) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 2 – Avenida Henrique Gregori (bairro/shopping) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H; 

RADAR 3 - Avenida Comendador Alfredo Maffei (bairro/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

 

Policiais Militares, Civis e agentes do DETRAN, realizaram na noite desta sexta-feira e madrugada do sábado mais uma edição da Operação Direção Segura, para inibir os casos de embriagues ao volante. A operação foi realizada na avenida Getúlio Vargas e terminou com dois motoristas autuados em flagrante. Outros três condutores se recusaram a assoprar o etilômetro e também foram autuados. Dois carros e uma moto foram apreendidos.

A multa por infração da Lei Seca, que penaliza embriaguez ao volante e recusa à realização de teste de alcoolemia, é de classificação gravíssima, e, além disso, é submetida a agravante, que multiplica o seu valor por 10. Assim, o custo da multa da Lei Seca é de R$ 2934,70.

Confira o resultado final da operação 

2 flagrantes de embriaguez ao volante (art 306 do CTB) 

3 Autos de infração do art 165 (Recusar-se a ser submetido a teste, exame clínico, perícia) 

11 Autos de infração do art 165 (Recusar-se a ser submetido a teste, exame clínico, perícia) 

2 Autos de infração por CNH suspensa 

2 Autos de infração por entregar veículo a pessoa não habilitada 

4 Autos de infração por não portar CNH 

1 Auto de infração por falta de licenciamento 

2 carros apreendidos 

1 moto apreendida 

187 condutores submetidos ao teste passivo de etilômetro 



Comentário(s) 

+1
cesar | 19 Outubro 2019
Parabéns pela ação, mas não passa de arrecadação, não vejo operações para inibir tráfico de drogas, será que na cidade não tem esse crime, também pode ser medo, chutar cachorro morto é fácil. kkkkk