NESTA SEXTA-FEIRA (11/10) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1- AV. COMENDADOR ALFREDO MAFFEI, OPOSTO AO N° 4001 SENTIDO CENTRO/BAIRRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2- AV MORUMBI, PRÓXIMO AO N° 1416 CENTRO/BAIRRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3- AV. GETÚLIO VARGAS, PRÓXIMO AO GINÁSIO MILTON OLAIO BAIRRO/CENTRO VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

 

 

Na noite desta sexta-feira (05), um homem foi detido dirigindo um veículo com placas da Secretaria da Educação de Matão, na praça do pedágio, na Rodovia Washington Luiz (SP310), no sentido Interior – Capital, em Araraquara.

Segundo informações, os policiais do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário), desconfiaram de um Hyundai Elantra de cor preta, com placas da Secretaria da Educação de Matão, ao passar pela praça do pedágio de Araraquara e abordaram o veículo.

Durante a abordagem, o condutor do veículo de 43 anos, disse que o veículo era da prefeitura de Matão e que só pagou o pedágio porque esqueceu o cartão que libera os veículos oficiais deste pagamento.

Porém os policiais notaram que a placa oficial cobria a placa real do veículo e constataram que o veículo estava sem licenciamento a mais de 4 anos. Novamente questionado, o condutor disse aos policiais que pegou o veículo em uma oficina em Matão e estaria fazendo um favor para um amigo de nome Adilson. Informando ainda que o destino seria a cidade de Mauá e que as placas foram usadas para burlar a fiscalização.

O veículo e o condutor foram levados para o plantão policial e enquanto aguardavam a elaboração do boletim de ocorrência, Adilson compareceu na delegacia, munido dos documentos de compra do veículo em um leilão, informando que é proprietário da empresa que loca veículos para a Prefeitura de Matão e que esse veículo seria locado para a prefeitura negando que as placas foram usadas para burlar a fiscalização e que na verdade apenas foi cedida por um funcionário da prefeitura para antes da efetivação do contrato de locação, por “simples praticidade”.

O caso foi registrado como adulteração de sinal identificador de veículo automotor, o veículo com as placas oficiais, foi apreendido e guinchado para um pátio credenciado, ficando à disposição do IC (Instituto de Criminalística).

Procurada, a assessoria da Prefeitura de Matão informou que irá emitir nota à imprensa, assim que tomar conhecimento dos detalhes dessa ocorrência.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo