NESTA TERÇA-FEIRA (20/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida Trabalhador SÃO-carlense (bairro/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Rua Joaquim Rodrigues Bravo (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Avenida Bruno Ruggiero Filho (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

Corre pela cidade a "boca pequena", e ganha força a cada dia, boatos de que a atual administração está com intenção de privatizar uma das autarquias do município, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto.

Você pode desconhecer, mas esse assunto já foi veiculado no passado na gestão do ex-prefeito Rubens Massucio Rubinho, e mais, naquela época o então diretor do SAAE, Eduardo Cotrim, acabou privatizando por anos o posto de distribuição de água do Cidade Aracy, privatização essa, que acabou no início do governo Newton Lima com o término do contrato.

Fazendo aqui um adendo, vale destacar que Cotrim já esteve a frente da autarquia em três governos, Rubinho, Newton e Barba; coisas da política partidarista e que a cada eleição se renova na cidade sob o advento da governabilidade, mas que na realidade não passa de um eterno compromisso de cargos e apoio político.

Mas voltando ao assunto, na época a privatização da autarquia propriamente dita, não ganhou a aceitação do legislativo e da população e depois de algumas tentativas, pelo descrédito que ameaçava a administração Massucio, o assunto foi enterrado junto com as tubulações da autarquia.

Mas agora com a vitória do governo do PSDB na cidade, isso volta à tona, não só porque o governo do estado tem na SABESP, um de seus tentáculos maiores de utilização como ferramenta política, nos municípios do interior paulista que não tiveram a grandeza de possuir uma autarquia de tal importância como o SAAE, mas também, porque o PSDB tem em sua linha histórica a arte de privatizar empresas públicas.

No governo de Fernando Henrique através de uma política néo-liberal, o PSDB  foi o grande articulador das privatizações mais importantes do país, tomando-se como exemplo a telefonia, hidroelétricas, companhia de mineração e  aqui no estado, as rodovias  com os tão famigerados pedágios que arrebentam o seu bolso a cada viagem à capital.

Aliás, é bom deixar claro que pedágios devem existir, o que não pode são as privatizações terem ter virado um negócio rentável para o interesse de alguns e prejudicial ao bolso do contribuinte.

Mas como a arte de privatizar é uma situação normal dentro do PSDB, no âmbito local as lunetas da mira do interesse público/privado, se voltam para a autarquia municipal (SAAE), que cá entre nós, com todas as suas falhas é para o são-carlense como se fosse a nossa Petrobrás, tomando-se como exemplo, ou seja, é nosso patrimônio, porque foi e é pago com o nosso dinheiro.

Então, vem a tão esperada pergunta. Será que se o governo do PSDB privatizar o SAAE o serviço irá melhorar para você que é o maior interessado no assunto? Isso porque é você, que paga todo o mês sua conta de água e esgoto. E ai o que você acha? Essa coluna está aqui para cutucar você a pensar sobre o assunto.

Acho que se isso for realmente verdade, Altomani deve perguntar à população, porque o SAAE não é seu, mas sim, de todos nós que pagamos nossas contas, é patrimônio construído por todos os moradores desta cidade há décadas, e se isso for tentado goela abaixo, deve ser rechaçado imediatamente em nossa opinião.

O Brasil tem vários exemplos de privatizações que não deram certo ou que se deram, acabaram onerando por muito tempo o bolso do contribuinte. O SAAE pode é deve passar por uma profunda profissionalização, isso sim, mas não deve virar mais um instrumento político de interesses financeiros, para beneficiar grupos e consórcios que criaram neste país, uma verdadeira indústria do ganhar dinheiro com as privatizações.

E com relação aos funcionários concursados que ali trabalham. Será que terão o mesmo fim dos que trabalhavam na extinta FEPASA, CPFL ou nos pedágios do estado que foram privatizados? Pergunte a um destes, o que aconteceu com sua carreira profissional. Este é um quesito muito perigoso para a popularidade do governo municipal que anda muito em baixa.

Então você internauta deve parar e pensar. Será que a privatização do SAAE será benéfica para o seu bolso? Será que o serviço vai melhorar? Será que o serviço hoje prestado é tão ruim assim que merece ser trocado? Será que a conta de água vai diminuir ou aumentar com a privatização? E o esgoto também vai melhorar? Quando a Estação de Tratamento de Esgoto vai enfim funcionar de verdade?

Bom, pelas perguntas, já se imaginam as dúvidas. Com a palavra o prefeito, os vereadores e também o maior interessado, a população de São Carlos. Eu já vou dizer que sou contra pra não ficar em cima do muro e ponto final.

Marco Aurélio de Alcântara Dias é colaborador do portal SCDN



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo