Imprimir esta página

O Corinthians não teve problemas para vencer o Botafogo, nesta quinta-feira, por 4 a 1, na Arena, em Itaquera, pela estreia do Paulistão Sicredi. No estilo do técnico Tiago Nunes, os donos da casa sempre buscaram o gol e foram premiados com três de Boselli e um de Luan, de pênalti. Ronald descontou para o Botafogo.

A vitória deixou o Corinthians na vice-liderança do Grupo D com os mesmos três pontos do Guarani que leva vantagem no saldo de gols (4 a 3). O Botafogo, por sua vez, amarga a lanterna do Grupo B sem pontuação.

O Corinthians se impôs desde o início. Aos 11 minutos, Piton tocou para Ramiro que encheu o pé. No rebote, Boselli estufou o barbante. O camisa 17 chegou a fazer outro gol, mas o árbitro marcou impedimento. O Botafogo, por sua vez, assustou só aos 44 minutos. Diego encheu o pé, mas Cássio fez grande defesa.

No segundo tempo, após belo passe, Boselli saiu na cara do gol e tocou na saída do goleiro. A bola foi na trave. Na sobra, Janderson chutou para o gol sem goleiro e obrigou Reginaldo a colocar a mão na bola para evitar o gol. Além do pênalti, ele foi expulso. Na cobrança, Luan ampliou para o Corinthians aos 9 minutos.

Aos 14, Boselli aumentou ainda mais o placar. Após boa tabela de Richard e Janderson, o argentino recebeu sozinho na área e fez seu segundo gol.

O Botafogo até diminuiu com Ronald aos 36 minutos. Ele recebeu de Gustavo Henrique e tocou na saída de Cássio. O problema é que Boselli estava inspirado e aumentou aos 38 minutos, após cruzamento. A bola bateu no joelho do atacante, que, sem querer, fechou o placar.

O Corinthians voltará a campo no próximo domingo, às 19h, quando visitará o Mirassol no estádio José Maria de Campos Maia, pela 2ª rodada. O Botafogo, por sua vez, receberá a Ponte Preta no mesmo dia, mas mais cedo, às 16h, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.