Imprimir esta página

O Palmeiras estreou o ‘velho-novo’ técnico, o experiente Vanderlei Luxemburgo, na noite desta quarta-feira (15), na primeira rodada da Florida Cup, disputada em Orlando, nos Estados Unidos. A equipe brasileira empatou sem gols com o Atlético Nacional, mas venceu a disputa de pênaltis por 10 a 9.

Assim, o time alviverde somou dois pontos, aparecendo na segunda colocação da tabela. Com três, o Corinthians lidera. Os colombianos, próximos adversários dos alvinegros, estão em terceiro, com um, enquanto o New York City, que vai encarar os palestrinos na última rodada, segura a lanterna, zerado.

O primeiro tempo do duelo foi agitado, marcado por entradas ríspidas dos dois lados. A primeira chance de perigo acabou criada pelo Atlético Nacional, mas Weverton apareceu bem em finalização de Andrés Andrada.

O Palmeiras respondeu bem duas vezes, ambas protagonizadas por Dudu. Primeiro, o atacante não aproveitou desvio de Luiz Adriano e mandou para fora. Depois, encontrou Lucas Lima, que não pegou firme na bola.

Na etapa final, os brasileiros realizaram 12 alterações, uma a mais do que os colombianos. Descaracterizados, poucas chances foram criadas. As melhores delas foram do Atlético Nacional. Logo no primeiro minuto, Jailson apareceu duas vezes.

Quiñones arriscou de fora e exigiu bela intervenção. Já no rebote, o goleiro anotou pequeno milagre em tentativa de Barrera. O grande momento palestrino aconteceu pouco depois, aos sete, com Gabriel Menino parando em Cuadrado.

A disputa de pênaltis ficou marcada pelo alto nível de precisão dos dois lados. Enquanto o Atlético Nacional desperdiçou apenas uma cobrança, o Palmeiras converteu as dez tentativas em gols.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.