NESTA SEXTA-FEIRA (14/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA MIGUEL PETRONI (RODOVIA/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (CENTRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA MANOEL JOSÉ SERPA (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H.

A Ferroviária é bicampeã do Brasileirão Feminino!  As Guerreiras Grenás venceram o Corinthians nos pênaltis em decisão realizada na tarde deste domingo (29) no lotado Estádio do Parque São Jorge, em São Paulo. O jogo de ida, na semana passada em Araraquara, terminou com o placar de 1 a 1, por isso apenas a vitória interessava às duas equipes, que apesar da insistência, terminaram a partida com um empate sem gols. Nos pênaltis, o time araraquarense levou a melhor por 4 a 2 e comemorou o título, repetindo a façanha conquistada em 2014 e se tornando o primeiro clube a sagrar-se bicampeão brasileiro.

O destaque da conquista foi a goleira Luciana, que já havia se destacado nas quartas de final e na semifinal, onde defendeu cobranças nas decisões por pênaltis contra Santos e Kindermann-SC. Dessa vez, a goleira brilhou com grandes defesas no tempo regulamentar da partida e também com uma intervenção na decisão por pênaltis.

A delegação araraquarense volta ainda neste domingo para Araraquara, onde deve ser recebida com festa por sua torcida. A Ferroviária volta agora suas atenções para a Taça Libertadores Feminina, que será disputada no mês de novembro em Quito, no Equador.

O jogo

O Corinthians foi para cima desde o início e quase abriu o placar aos 5 minutos, quando Tamires cobrou escanteio e Pardal desviou de cabeça para acertar a trave direita de Luciana. A Ferroviária assustou aos 21, quando Rafa Mineira arriscou de fora da área e a bola passou por cima do gol. Aos 22, a zaga afeana errou na saída de bola e Giovanna Crivelari deixou Milene na cara do gol, mas a atacante parou em uma defesa à queima-roupa de Luciana, que também defendeu o rebote de Crivelari.

Aos 26, Crivelari tabelou com Victória Albuquerque, que finalizou da entrada da área e a bola passou raspando a trave esquerda de Luciana. Aos 29, as Guerreiras Grenás criaram uma grande chance: após boa triangulação do ataque afeano, Aline Milene saiu de frente para o gol e bateu cruzado, mas a goleira Letícia fez uma grande defesa em dois tempos. Aos 37, Milene recebeu na entrada da área e acertou uma bomba que foi defendida por Luciana, que se esticou para espalmar em seu lado esquerdo.

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo e o Corinthians voltou a pressionar. Aos 17, as Guerreiras Grenás levaram perigo com um cruzamento de Barrinha que Carol Tavares não conseguiu alcançar dentro da pequena área. Aos 23, Tamiris avançou em diagonal pelo lado esquerdo, saiu de frente para Luciana, mas bateu sem ângulo para fora. Aos 24, Tamiris fez o cruzamento rasteiro na segunda trave para Milene, que bateu cruzado e a bola passou raspando a trave de Luciana. Aos 40, Erika bateu de longe e a bola passou perto do ângulo esquerdo de Luciana. No último lance do jogo, aos 50, Millene recebeu passe em profundidade e saiu de frente com Luciana, que afastou no carrinho e evitou o gol.

Pênaltis

Na primeira série de pênaltis, a corintiana Victória Albuquerque deslocou Luciana e acertou o lado esquerdo para fazer o primeiro gol. Luana bateu para a Ferroviária e acertou o ângulo direito de Letícia.

Na segunda cobrança do time da casa, Gabi Zanotti também deslocou Luciana para ampliar. Para as Guerreiras Grenás, Aline Milene também acertou o ângulo, dessa vez do lado esquerdo da goleira.

Na terceira série, Tamires bateu e parou na defesa de Luciana, que espalmou em seu canto direito. Andréia Rosa bateu para a Ferroviária e deslocou a goleira com a bola no canto esquerdo.

Na quarta série, a corintiana Ingrid concluiu para fora, à direita do gol de Luciana. Géssica foi para a cobrança e deslocou a goleira para fazer o quarto gol dar o título à Ferroviária. Festa das Guerreiras Grenás na Fazendinha!

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 x 0 (2x4) FERROVIÁRIA  
Local
: Estádio do Parque São Jorge, em São Paulo.
Data/Horário: Domingo, 29 de setembro, 14 horas;
Arbitragem: Regildênia de Holanda Moura, auxiliada por Neuza Ines Back e Veridiana Contiliani Bisco;
Cartões amarelos: Juliete, Millene e Victória Albuquerque (Corinthians); Maglia (Ferroviária);
Gols:

CORINTHIANS - Letícia, Paulinha, Mimi, Pardal e Juliete; Erika (Ingrid), Gabi Zanotti e Tamires; Giovanna Crivelari (Grazi), Millene e Victória Albuquerque. Técnico: Arthur Elias.

FERROVIÁRIA - Luciana, Barrinha, Luana, Andreia Rosa e Géssica; Rafa Andrade, Maglia, Rafa Mineira e Aline Milene; Carol Tavares (Kamilla) e Adriane Nenê. Técnica: Tatiele Silveira.

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo