NESTA QUINTA-FEIRA (18/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA GETÚLIO VARGAS (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - AVENIDA MORUMBI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Aconteceu nos dias 05, 06 e 07 de julho o segundo Kangueiko de Judô e Jiu-jitsu de São Carlos organizado pela Associação Desportiva e Cultural Fábrica de Campeões/SMEC, contando com a participação de cerca de 50 atletas da região.

O Kangueiko, que significa “treinamento de inverno”, costume trazido do Japão onde os atletas de diferentes localidades se alojam em um local e treinam durante um período afim de trocar experiências e treinar de forma mais intensiva. No Japão os kangueikos chegam a ter até um mês de duração, onde os atletas treinam de madrugada com temperaturas abaixo de zero.

O professor Sebá, técnico de Judô de São Carlos e ex-atleta do Projeto Bastos de Judô, local onde são realizados os kangueikos e shotygueikos (treinamento de verão) mais tradicionais do Brasil, implantou esse tipo de treinamento no ano de 2018 com intuito de proporcionar aos atletas de São Carlos e região a oportunidade de treinar intensivamente com atletas de varias localidades do Brasil.

Esse tipo de treinamento em São Carlos é novidade, mas já vem dando bons resultados e atraindo atletas de varias academias da cidade e região, que tiveram a oportunidade de aprender novas técnicas com professores convidados.

Nessa segunda edição do evento os convidados foram os professores Paulo Segatelle, multi campetão, ex-atleta da seleção brasileira de Judô e ex-atleta de São Carlos e o Professor Filipe Thomé, campeão paulista de jiu-jitsu,professor da Equipe Barbosa de Jiu-Jitsu de São Paulo, onde puderam passar suas experiências como professor e atleta.

O próximo treinamento intensivo será o Shotyugueiko no ultimo final de semana de janeiro de 2020.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo