NA QUARTA-FEIRA (21/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi X Rua Marcos Vinicios de M. Moraes VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Avenida Henrique Gregori (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - Avenida Henrique Gregori (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H. 

A primeira fase do Campeonato Paulista – Segunda Divisão terminou no último final de semana, mas seis ex-jogadores do Grêmio Sãocarlense seguem adiante na competição. Com passagem pelo Lobão em 2018, os volantes Kawan, Mauro Victor e Diegão, além dos atacantes Fellipe, Guilherme e Caio Guilherme, avançaram de fase por seus respectivos clubes, prosseguindo vivos na disputa pelo acesso à Série A3 na próxima temporada.

A melhor campanha geral entre as 41 agremiações participantes, aliás, conta com participação são-carlense. Com apenas uma derrota em 12 partidas, o Paulista de Jundiaí dispôs do volante Kawan e do atacante Fellipe para somar 29 de um total de 36 pontos possíveis e, assim, liderar o Grupo 5 com seis unidades à frente do segundo colocado São José.

Também com autoridade, o volante Mauro Victor foi outro que se destacou pelo Rio Branco. Afinal, o clube de Americana avançou com a segunda melhor campanha do Grupo 3, atrás do XV de Jaú apenas pelos critérios de desempate, com 24 pontos conquistados.

Com 22 unidades, e igualmente na segunda colocação, só que do Grupo 6, o atacante Guilherme contribuiu com sua equipe, no caso o União Suzano, marcando inclusive um gol em sua estadia pelo popular USAC.

Já pelo Grupo 1, dois ex-atletas do Lobão mantiveram vivo o sonho do acesso. Terceiro colocado pelo Tupã, o atacante Caio Guilherme balançou as redes adversárias em três oportunidades e ajudou seu time a conquistar 17 pontos, mesmo número do José Bonifácio, situado no quarto lugar e que relacionou o volante Diegão em três partidas.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo