NESTA QUINTA-FEIRA (5/12) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 – AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - RUA JOAQUIM RODRIGUES BRAVO (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Na ensolarada tarde de sábado, 25, e com a ilustre presença das alunas e alunos do Projeto Descobrindo do Rugby, o São Carlos recebeu a equipe do São Bento pela quarta rodada do Paulista B 2019.
Com um começo de muitos erros de jogo de mão e penais, o placar só foi ser aberto com quase 30 minutos de partida quando Luis Cameirão converteu um penal para o São Carlos.
 
Pouco mais de 5 minutos depois, rompendo a defesa adversária e não sendo parado pelos marcadores que se agarravam à ele, Rafael Milani ampliou com um try para os rinocerontes. Cameirão converteu. O São Bento até tentou diminuir em dois penais próximos ao meio-campo, mas perdeu a conversão de ambos. Ainda assim, a equipe da capital consegui diminuir antes do final do primeiro tempo ao marcar um try, sem conversão, após um line-out dentro da área de 22 metros do São Carlos. Final do primeiro tempo: São Carlos 10 x 5 São Bento.
 
O segundo tempo começou com o São Carlos a toda, quase marcando com uma jogada pela lateral entre seus forwards. Porém, os auri-rubros só ampliariam o placar aos 10 minutos com mais um penal de Cameirão. Mais 5 minutos depois, Alexandre Bertuga, irromperia a defesa adversária, avançando por mais de 50 metros sem ser detido. Era mais um try para o São Carlos, mas, desta vez, não foi convertido. Aos 25 minutos, em mais um penal de Cameirão, o São Carlos se consolidava a frente do placar. Na segunda metade do segundo tempo os rinocerontes demonstraram o motivo de terem a melhor defesa do campeonato e não foram vazados pelo ímpeto esmeraldino. E, aproveitando-se dos penais cometidos pelo São Bento, cadenciou o jogo em seu proveito. Final de partida: São Carlos 21 x 5 São Bento.
 
"Foi um jogo duro e uma vitória importante para nosso time", comentou Arthur Pinheiro, treinador da equipe. "Tivemos alguns problemas no ataque, mas corrigiremos isso para as próximas partidas", finalizou. 
Essa foi a quarta vitória consecutiva do São Carlos na competição, o que, além de manter a equipe invicta, a alça para a vice-liderança do torneio, dois pontos atrás do líder. Ademais, o São Carlos se consolida como a melhor defesa da competição, com 24 pontos sofridos em 4 jogos (sendo a média de 1 try por partida). O próximo desafio dos rinocerontes será no dia 8 de junho, em São Paulo, contra o Urutu. 
 
O São Carlos é patrocinado pela Fisio & Cia, pela Espaço Saúde Academia, pela Unicep e pelo Bar do Alex e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de São Carlos, da Contabilidade Valverde e das Atléticas e Departamentos Esportivos da UFSCar e USP.


SÃO CARLOS 21 x 5 SÃO BENTO
Escalação
1 Arthur Sargentini, 2 Elton Tanis, 3 Leonardo Carniato, 4 Jean Marc Volland, 5 Rafael Milani, 6 Esteban Alvarez, 7 Octávio Gorla, 8 Jean Ferrarini (C), 9 Igor de Mello, 10 Raul Nunes, 11 Eduardo Almeida, 12 Alexandre Bertuga, 13 Luis Cameirão, 14 Pedro Vincenzi, 15 Glauco Anelli, 16 João Pedro Leal, 17 Ezequias Alvarez, 18 Jackson Bonelli, 19 Felipe Santos, 20 Lucas Ruiz, 21 Vinicius Imato, 22 David Camargo, 23 Flávio Batistette

Tries
Rafael Milani e Alexandre Bertuga

Conversões
Luis Cameirão (1)

Penais
Luis Cameirão (3)


Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo