OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA (17/6) NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA TRALHADOR SÃO-CARLENSE (RODOVIÁRIA/USP) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/shopping) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA MIGUEL PETRONI - (RODOVIA/CENTRO) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

A Quem Procura Acha é a grande campeã da Copa São Carlos de Futebol Evangélico 2019. Com uma atuação convincente, o time derrotou a Madureira por 4 a 0 neste sábado (18), em uma espécie de revanche da decisão do título da última temporada, e garantiu o caneco. A partida aconteceu no Estádio Municipal Prof. Luís Augusto de Oliveira “Luisão”, com boa presença de público.

Determinados a levantar o troféu, os comandados de Zinho Almeida partiram para o ataque desde o primeiro lance. E não demorou muito para que, aos 17 minutos, Alex aproveitasse sobra de escanteio para bater rasteiro e abrir o placar.

Depois, aos 35, foi Tiago Vigetta quem completou jogada pelo meio para o fundo do gol vazio para aumentar a vantagem.

Na volta do intervalo, a Madureira passou a ocupar mais o campo de ataque e criou ao menos três chances de gol. No entanto, a falta de precisão custou caro ao time do treinador Matheus Oliveira, que viu, nos contra-ataques, seu adversário definir a partida.

Primeiro, com Tiago Vigetta aos 25 minutos e, no final, com Edigleis arrematando de calcanhar em confusão na área para dar números finais ao marcador e consolidar a festa da torcida da Quem Procura Acha.

Após o apito final, a comissão organizadora realizou a cerimônia de premiação. Ao todo, foram quatro prêmios entregues individualmente e mais quatro coletivos. Além dos dois primeiros colocados, a Conviver completou o pódio ao derrotar a Pentecostal da Bíblia, por 2 a 0, e ficar com a terceira posição.

Confira a lista completa de premiados:

Campeã – Quem Procura Acha
Vice-campeã – Madureira
Terceira colocada – Conviver
Goleiro menos vazado – Caíque (Quadrangular São José)
Artilheiros – Carlos André (Pentecostal da Bíblia) e Tiago Vigetta (Quem Procura Acha)
Melhor treinador – Zinho Almeida (Quem Procura Acha)
Melhor testemunho – IPR Douradinho

 



Comentário(s) 

+7
ed wilson de lima fr | 07 Junho 2018
Uma coisa é verdade, moro na vila prado e não preciso sair da minha região pra fazer compras na baixada do mercado ou calçadão. Mas pra fazer uma comparação tem produtos vendidos aqui na vila prado que chegam a custar até 25% mais barato que no calçadão ou baixada do mercado, e a origem dessas mercadorias principalmente vestuários tem a mesma origem.
+2
leitor assíduo | 07 Junho 2018
Se a democracia é o governo do povo ..., então, qualquer governo eleito deve ouvi-lo antes de adotar medidas que possam, em tese, prejudicá-lo. No Brasil, esse cuidado não existe, nas esferas federal e estadual, mas, nos municípios, pela proximidade entre governo e povo, não há motivo para ignorá-lo, por isso, a ideia de uma audiência pública, ou consulta à população, sobre a transformação do calçadão em boulevard e abertura de rua, deve ser observada. Afinal, são os habitantes da cidade que elegem e pagam os governantes e não devem ser ignorados na hora da decisão, que, em tese, tem o escopo de favorecê-los.
+5
PARA ONDE VÃO?? | 07 Junho 2018
Lembro quando "arrumaram" a rua Carlos Botelho, refizeram todo o asfalto e tiraram de lá muitas, mas muitas mesmo, pedras antigas que antigamente era a rua, tipo paralelepípedos. E esses paralelepípedos foram parar aonde? Apesar de considerarem "pedras" são produtos caros que, podem muito bem estar decorando a entrada de algum sítio ou fazenda.
E abrindo o calçadão para onde irão todas aquelas pedras que um dia o Município pagou por elas para enfeitar a passagem???
Será que tem mais alguém comprando ou reformando sítio ou fazenda por ai??
Será que irão contabilizar o material???
E ai Senhores vereadores?? Quem controla e quem fiscaliza isso??
+5
Palhaço | 07 Junho 2018
Essa prefeitura sempre focada em onde podem tirar mais dinheiro. A secretaria que mais recebe dinheiro é a Guarda Municipal. Inumeros carros, motos, armas letais e não letais, cachorro, cameras, verbas, racão e ate uma base nova e cara ao lado do velório, que diga se de passagem continua mais feio e abandonado do que o próprio cemitério. Mas a base nova esta la. Isso por qie Samir é cargo do vice prefeito, mas parece que abandonou o grupo. São Carlos, a terra onde politicos só se preocupam em ganharem seu dinheirinho e fazerem Leis como o dia do vem brincar comigo. Parabens Marquinhos, otimo projeto para a cidade. Realmete condiz com o que fazem com a gente.
-1
SãoCarlense | 06 Junho 2018
Sempre achei que o Coca tem mais fama do que merece, mas está coberto de razão ao abrir o calçadão. Aquilo ali não serve para quase nada, um comércio meia boca que tem ali, deixa duas boas calçadas e lugar para passar automóvel, dois quarteirões
inúteis aqueles.