OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA (22/5) NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - Rua Coronel José Augusto de O. Salles (centro/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 2 - Rua Coronel José Augusto de O. SalleS (BAIRRO/centro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H;

RADAR 3 – Av. Morumbi (CENTRO/bairro) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 kM/H.

A quarta-feira, 1º de maio, Dia do Trabalhador, irá acontecer o 1º Fest Vôlei AVS/Smec que irá reunir atletas de São Carlos e da região.

As inscrições para o torneio de vôlei de areia, são gratuitas e o torneio será disputado em duas categorias: feminino (trio) e masculino (dupla). Os campeões e vice-campeões serão premiados.

O regulamento prevê jogos eliminatórios até 21 pontos e as inscrições, aberta a todos os interessados, podem ser feitas na sede da Secretaria Municipal de Esportes e Cultura ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

DUPLAS E TRIOS

Zé Sérgio, um dos organizadores, informou que a ideia do Fest Vôlei surgiu do secretário municipal Edson Ferraz com a ideia de agitar o complexo esportivo localizado ao lado do ginásio municipal de esportes José Eduardo Gregoracci, no Jardim Santa Felícia, onde há três quadras de areia. “A expectativa é reunir pelo menos 10 duplas masculinas e 10 trios femininos”, disse Zé Sérgio.

Caso a ideia vingue, os torneios de vôlei de areia podem ser frequentes a partir do segundo semestre, com o intuito de dar uma nova opção de lazer aos simpatizantes da modalidade esportiva.

Zé Sérgio foi mais além e não descartou a realização de torneios anuais. “Tudo está em estudo, mas podemos implantar festivais a cada mês e realizar um evento com diversas etapas e no final do ano, realizar um campeonato com as duplas e trios melhores classificados ao longo de uma temporada. Como fazemos com a Copa AVS/Smec há cinco anos”, disse Zé Sérgio.



Comentário(s) 

+6
Luisao | 13 Maio 2018
Alguém poderia me informar, são Carlos tem promotor público ? Se Tem é inadmissível a promotoria não apurar e mandar prender os responsáveis pela cagada da intervenção do transporte público, onde até dinheiro sumiu,porque se for depender dos camaradas da casa de leis a coisa acaba em pizza.
+4
Cesar | 12 Maio 2018
Dra Denise queria o certo e como diz a coluna não quiseram não é Marquinho, fico pensado, se mais de $300 mil acabou em pizza, essa merreca também vai, não é Lucão. O Boné diz que pagou as contas, mas se não pagou, onde está o dinheiro dos impostos, até agora não fez nada, se pagou não fez mas que obrigação e com nosso dinheiro. Os Edsons, são quase governadores de São Carlos. kkk
+5
Palhaço | 12 Maio 2018
Auditoria bem feita em São Carlos Nao existe Marcos. Esses veradores estão fingindo que trabalham quando inventam essas comissões e auditorias. Nessa gestão se leva vantagem até na compra de água para essas corridas. Tudo ali tem esquema. Da para entender? TUDO. Descaradamente. Em todo lugar. Pior que ninguém tem medo de fazer pois todos sabem que quem investiga tambem leva.
+3
Marcos | 11 Maio 2018
Essa obrada fedorenta da [...]istração desastrosa do prefeito airton boné garcia na intervenção desastrosa na suzantur é uma pouca vergonha escancarada. Mais um motivo para a cidade não fazer os jogos regionais aqui nesse ano. Aliás, a prefeitura e uma certa secretaria municipal não aguentam auditoria bem feita. São Carlos não tem condições de realizar jogos regionais em 2018 com a cidade abandonada e sem bom senso esportivo.
+10
Aécim Pódemais | 11 Maio 2018
Pois é , pensei que só umas 50 mil pessoas da cidade lembrava da Dra: Denise , pelo jeito agora a imprensa também lembrou , ótimo pois a coitada foi realmente convidada para sumir da cidade sobe a batuta de Marquinhos Amaral , que agora pede para fazer audiências públicas etc e tal , vai ser rola b... assim no inferno . Quanto ao vereador que quer fazer "oba oba com casas populares" fiquem esperto ano de eleição ate boi voa.
+11
leitor assíduo | 11 Maio 2018
A proposta de ratear a grana que sumiu dos cofres da sucatur durante a intervenção corresponde a confessar que houve irregularidade, desvio, furto ou apropriação indébita do dinheiro desaparecido. Por que alguém teria essa genial ideia, se não estivesse envolvido no desaparecimento do faz-me-rir? Esse assunto transformou-se em caso de polícia e deve ser investigado. O Ministério Público pode contribuir para elucidá-lo, visto que já foi protocolizada representação para apurar o ocorrido. A partir de agora, o mistério só não será esclarecido, se as autoridades não quiserem. Pobre São Carlos, não escapa à sina de ficar à mercê de bandidos!
+9
Só Lembranças | 11 Maio 2018
"Que saudades deu", muito bem colocado esta recordação, Drª Denise Cury , só foi embora de São Carlos, devido a perseguição e destrato do próprio vereador Marquinhos Amaral e do Senhor Adail presidente do Sindaspam, ela sofreu e muito pois queria botar ordem na casa e com isso estava mexendo e muito com benesses