OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA (17/6) NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA TRALHADOR SÃO-CARLENSE (RODOVIÁRIA/USP) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/shopping) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - RUA MIGUEL PETRONI - (RODOVIA/CENTRO) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

As equipes de futebol do Rio Training FC e da Associação Desportiva, Educacional e Social dos Metalúrgicos (ADESM), categorias sub 13, sub 15 e sub 17, participam de 6 a 12 de janeiro, na cidade de Echaporã, localizada no centro oeste paulista, da Copa Sul-americana de Futebol, competição promovida pela Prefeitura de Echaporã em parceria com a Cinbrala Eventos Esportivos.

Outra equipe da ADESM participa em Belo Horizonte do maior torneio de futebol infantil da América latina: MG CUP. A competição deve reunir mais de 4 mil crianças do Brasil e de outros países.

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Esportes e Cultura, está disponibilizando o transporte das equipes e também se responsabilizou pela taxa de inscrição dos atletas, um investimento de R$ 40 mil.

“Vamos disputar essas duas importantes Copas de Futebol e por isso viemos hoje aqui agradecer o prefeito Airton Garcia e o secretário Edson Ferraz pelo apoio, pois sem essa ajuda não conseguiríamos levar essas crianças para representar São Carlos em duas grandes competições”, disse o coordenador e técnico da ADESM, Rogério Pereira.

Para Clodoaldo Soares de Freitas, do Rio Training, que vai levar 45 atletas para a competição de Echaporã, sem o apoio do poder público não é possível levar os atletas para competir fora da cidade. “Somos de um projeto social e não possuímos recursos para bancar taxas de inscrições, transporte e alimentação para que nossas equipes possam disputar campeonatos regionais, nacionais e internacionais. Agradeço o apoio da Prefeitura de São Carlos pela atenção que vem dispensando ao esporte”.

“Levar a garotada para participar dessas competições é um incentivo, uma grande oportunidade para eles. Iniciamos o ano apoiando todos os esportes, todas as categorias. Estamos realizando a Copa SP, um evento tradicional, mas não esquecemos a base. Estamos apoiando todos os projetos sociais, pois sabemos a dificuldade deles para manter esse trabalho”, disse o secretário de Esportes e Cultura, Edson Ferraz.

De acordo com o prefeito Airton Garcia, que fez questão de conhecer os atletas, a Prefeitura não gasta com esporte e sim investe no esporte. “Parabéns garotada e podem contar com o apoio do município. É por meio de projetos como esses que surgem os grandes atletas do nosso país”.

O Projeto Social Rio Training FC atende hoje em São Carlos 180 crianças com aulas gratuitas de futebol. Já a ADESM desenvolve o projeto “Mais que Futebol”, onde atende 300 crianças no contraturno escolar.

 

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo