NESTA SEGUNDA-FEIRA (21/01/19) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 - AVENIDA Trabalhador são-carlense (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AVENIDA Trabalhador são-carlense (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Rua Miguel Petroni (CENTRO/RODOVIA) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H.

 

 

 

A Câmara Municipal realizou na última terça-feira uma homenagem ao Grupo dos Voluntários do Programa Social Universal nos Presídios – UNP São Carlos – atendendo a um requerimento do vereador Edson Ferreira, que presidiu a solenidade.

Na oportunidade estiveram presentes: Coronel Samir Gardini, diretor do Departamento de Coordenação Político-Institucional, representando o prefeito Airton Garcia; pastor Clodoaldo, representando o bispo Eduardo Guilherme, coordenador da UNP; missionária Luciene Almeida, coordenadora da UNP – presídios femininos; pastor Pedro Paulo Santos, coordenador estadual da UNP; pastor Clovis Gomes, coordenador regional da UNP; pastor Marcelo Vanderlei, pastor regional da Igreja Universal do Reino de Deus;Luciane Moraes, secretária municipal de Turismo e Meio Ambiente, representando o prefeito José Maria Cândido, de Itirapina; Dr. Paulo César Godoy, diretor da Penitenciária “Dr. Antonio de Queiroz Filho”; e Dr.Clemar Pinto Cabral, diretor da Penitenciária “João Batista de Arruda Sampaio”.

O vereador Edson Ferreira destacou o crescimento do grupo ao longo de décadas, sendo atualmente composto por mais de 30 mil pessoas, entre homens e mulheres que atuam em unidades prisionais. Ele assinalou que o trabalho é tão abrangente que o grupo está presente ao menos em uma unidade prisional em cada estado do país.

Ferreira parabenizou os voluntários que se dispõem a dedicar um pouco de seu tempo para pessoas que nada tem para oferecer em troca, observando que “o trabalho voluntário é a arte de somar alegrias, diminuir males, multiplicar esperanças e dividir felicidades”.

Durante a sessão foram dedicadas placas de agradecimento aos dirigentes que coordenam o trabalho da UNP e entregues diplomas aos voluntários que participam do programa na cidade.

A  população carcerária no Brasil, é a terceira maior do mundo e esse programa social oferece cursos profissionalizantes, atendimento médico, odontológico e jurídico, cafés da manhã na porta das unidades para os familiares que visitam os presos, cestas básicas, livros e informativos. “O objetivo é ressocializar os detentos”, afirmou o vereador Edson Ferreira. “Com o conhecimento adquirido nos cursos, palestras e reuniões, quando livres, podem se reintegrar à família e à sociedade, diminuindo, assim, o índice de criminalidade; como resultado, mudanças de comportamento significativas acontecem entre os detentos”.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo