NESTA QUINTA-FEIRA (01/10) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

A forte marcação como proposta de jogo, aliada à fragilidade adversária, garantiu ao Brasil uma vitória sem muitas dificuldades por 104 a 65 diante da Nigéria na noite desta quarta-feira (27), no ginásio municipal Milton Olaio Filho, pela segunda rodada do Torneio, evento promovido pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), que tem como patrocinadora oficial a Eletrobras, com o apoio da Prefeitura de São Carlos e a cobertura do canal Sportv.

O domínio brasileiro não correu nenhum risco durante todo o jogo, tanto que a vantagem que chegou a ser de 20 pontos no primeiro quarto foi mantida e terminou com 39 pontos (104 a 65).

Ruben Magnano, técnico brasileiro, a exemplo do primeiro jogo contra a Nova Zelândia, fez várias alterações ao longo do jogo, estratégia que ele vem usando para encontrar a equipe ideal visando a estreia brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres contra a Austrália, no dia 29 de julho.

Anderson Varejão foi o destaque e o cestinha do jogo. O pivô brasileiro anotou um duplo-duplo ao marcar 18 pontos e 11 rebotes. O são-carlense Nenê marcou 10 pontos e conseguiu 2 rebotes.

O Brasil teve em quadra: Marcelinho (11 pontos e 2 rebotes), Marquinhos (15 pontos e 1 rebote), Anderson Varejão (18 pontos e 11 rebotes), Nenê (10 pontos e 2 rebotes), Alex (17 pontos e 1 rebote), Guilherme Giovannoni (16 pontos e 2 rebotes), Larry Taylor (3 pontos e 1 rebote), Caio Torres (8 pontos e 6 rebotes), Marcelinho Huertas (3 rebotes e 7 assistências).

Pela Nigéria jogaram: Skinn (7 pontos) Ibekwe (4 pontos), Diogu (7 pontos), Aminu (14 pontos), Dagunduro (2 pontos), Oguchi (21 pontos), Archibong, Oruche (9 pontos), Ogbouja, Obasohan, Alade e Oyedeji (1 ponto). Técnico: Ayo Bakare.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo