NESTA QUINTA-FEIRA (13/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA BRUNO RUGGIERO FILHO (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

O Festival ChorandoSemParar programou para esta sexta-feira, 13 de dezembro, às 19h, na Praça da XV, um Show Comemorativo para celebrar os 107 anos do nascimento de Luiz Gonzaga. A abertura será com o grupo MoMA Instrumental, do curso de Música da UFSCar. Em seguida, instrumentistas como Renato Borghetti, Toninho Ferragutti, Arismar do Espírito Santo, juntamente com dois artistas jovens e de grande projeção internacional, Pedro Martins e Michael Pipoquinha, além de outros conceituados músicos como Rogério Caetano, Thadeu Romano e Marcelo Caldi se apresentam para homenagear Gonzagão. E para completar a noite, tem a participação do convidado homenageado, o Mestre Oswaldinho do Acordeon. 

Luiz Gonzaga nasceu no dia 13 de dezembro de 1912, também uma sexta-feira. “Por isso, neste ano, a gente decidiu fazer o ChorandoSemParar uma semana mais tarde. Normalmente, o Festival acontece na primeira semana de dezembro. Nesta edição, quisemos justamente fazer com que a programação coincidisse com a data do aniversário para marcar esse dia e relembrar o legado cultural que tanto enriqueceu a cultura brasileira”, explica a Diretora do Projeto Contribuinte da Cultura, Fátima Camargo. Antes do Show Comemorativo, também na sexta-feira, 13 de dezembro, tem apresentação do Grupo Araçá e Convidados no Shopping Iguatemi às 17h. 

A programação do Festival ChorandoSemParar segue até domingo, quando os artistas convidados se revezam no palco por 12 horas de música sem parar, das 10h às 22h, também na Praça da XV. 

ARTISTAS CONVIDADOS

PEDRO MARTINS

Foi eleito por Eric Clapton para compor o elenco de um festival organizado pelo artista britânico, o Crossroads Guitar Festival 2019, no Texas. Pedro Martins também recebeu o prêmio de melhor guitarrista na Socar Guitar Competition na 49° Edição do Montreux Jazz Festival e foi o único brasileiro a integrar a programação da competição do festival. Desde os 14 anos já participava de rodas de choro ao lado do bandolinista Hamilton Holanda e outros destacados instrumentistas brasilienses como Hermeto Pascoal e Milton Nascimento.

 

ARISMAR DO ESPÍRITO SANTO

Um multi-instrumentista completo: toca contrabaixo, guitarra, violão 7 cordas, piano e bateria. Iniciou a carreira musical na década de 1970, tocando em shows e gravações de nomes como Hermeto Pascoal, Dominguinhos, João Donato, Naná Vasconcelos, Maurício Carrilho, Paulo Moura, Toninho Horta, entre outros. Em 1998, foi eleito um dos dez melhores guitarristas/violonistas do Brasil pela revista “Guitar Player”. Apresentou-se diversas vezes no exterior passando por Portugal, Japão, Argentina, Dinamarca e EUA. Também com o Hermeto Pascoal Trio esteve em turnê pela Europa.

 

MARCELO CALDI

Acordeonista, pianista, compositor, arranjador e cantor, Marcelo Caldi sintetiza as mais variadas influências, advindas do piano clássico, da sanfona nordestina, dos tangos de Piazzolla e dos choros jazzeados de Sivuca e Dominguinhos. Caldi lançou o livro e o disco “Tem sanfona no choro”, editado pelo Instituto Moreira Salles com apoio da Funarte (2012), e compôs arranjos sinfônicos cantados por Elba Ramalho e interpretados pela Orquestra Petrobras Sinfônica, Orquestra Sinfônica de Barra Mansa e Orquestra Sinfônica do Recife. Apresentou-se ao lado de Gilberto Gil, Elba Ramalho, Chico César, Yamandu Costa, Hamilton de Holanda, Geraldo Azevedo, Fabiana Cozza e Daniel Gonzaga, entre muitos outros.

 

MICHAEL PIPOQUINHA

Nascido em Limoeiro do Norte no Ceará no ano de 1996, o baixista Michael Pipoquinha já participou de grandes Festivais de Música Instrumental, como o Festival Baixo Brasil Fortaleza, Festival de Jazz e Blues Guaramiranga e Festival Rio das Ostras, apresentando-se com grandes nomes da Música Nacional. Participou do quadro “De olho nele” do Domingão do Faustão, em que impressionou o país todo com apenas 13 anos. Em 2015, Pipoquinha fez sua primeira viagem à Europa, convidado a participar do programa “We´ve got a talent”, onde apresentou temas autorais do álbum “Cearencinho” ao lado da renomada Big Band WDR, em Colônia, Alemanha.

 

RENATO BORGHETTI

É hoje um dos instrumentistas mais conceituados e respeitados do Brasil. Conquistou o Primeiro Disco de Ouro da Música Instrumental Brasileira. Desde seu primeiro disco, recebeu a aceitação ímpar e reconhecimento de grandes mestres como Sivuca e até mesmo de Luiz Gonzaga. Já se apresentou com quase todas as Sinfônicas do Brasil e já dividiu o palco dentro e fora do país com mestres como o italiano Ricardo Tesi, o irlandês Martin O’Connor, o português Artur Fernandes, o espanhol Kepa Junqueira e com os músicos brasileiros Oswaldinho do Acordeon, os saudosos Dominguinhos e Sivuca, Hermeto Pascoal e tantos outros.

 

ROGÉRIO CAETANO

É violonista, arranjador, produtor musical e compositor brasileiro. Bacharel em Composição pela Universidade de Brasília, é um premiado virtuose e referência do violão de 7 cordas. Já gravou 8 álbuns, três indicados ao Prêmio da Música Brasileira (2007/2013/2016), sendo premiado em 2016. Em 2015 foi premiado no IMA (Independent Music Awards) e, em 2017 e 2018, no Prêmio Profissionais da Música. Tem como parceiros em seus trabalhos Yamandu Costa, Hamilton de Holanda, Marco Pereira, Eduardo Neves, Gian Correa e o Coletivo Choro na Rua. Vem difundindo sua arte no Brasil e exterior realizando concertos em países como Alemanha, França, EUA, China, Índia e África do Sul. Já gravou com artistas como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz, Beth Carvalho, Caetano Veloso, Monarco, Dona Ivone Lara, Maria Bethânia, Nana Caymmi e Ivan Lins.

 

THADEU ROMANO

Compositor e arranjador, iniciou seus estudos em música aos 15 anos e em pouco tempo já se apresentava em concertos para acordeom. Já participou de homenagens ao Rei do Baião e tem participado do grupo de instrumentistas que vem trilhando com competência o caminho que Gonzaga fez com a sanfona. Com um repertório eclético e muito vasto que abrange do popular ao erudito, tocou e gravou ao lado de grandes nomes da música como: Bibi Ferreira, Zizi Possi, Fábio Jr., Geraldo Azevedo, Roberta Miranda, Dominguinhos, Oswaldinho do Acordeon, Naná Vasconcelos, Benito de Paula, entre outros. Desde 2008, Thadeu Romano é sanfoneiro na banda do Show Amizade Sincera do cantor e compositor Renato Teixeira com o músico Sergio Reis.

 

TONINHO FERRAGUTTI

Músico, compositor e arranjador, desde cedo escolheu este instrumento como ferramenta de inspiração e construção de uma bem-sucedida carreira. Além de 9 CDs autorais e uma extensa participação em shows de artistas importantes no Brasil e no exterior, Toninho Ferragutti tem duas indicações ao Latin Grammy: em 2014, com disco “Festa Na Roça”, lançado em parceria com o violonista Neymar Dias, na categoria Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras; e em 2000, com o CD “Sanfonemas”, na categoria Melhor Álbum de Música Regional. Em 2012, participou como convidado especial da Jazz Sinfônica da homenagem do centenário do Rei do Baião.

 

MOMA INSTRUMENTAL

O projeto Mostra Musical dos Alunos do Curso de Música da UFSCar (MoMA), criado pela Universidade em 2011, tem como propósito fomentar a cena musical de São Carlos e proporcionar aos alunos de graduação, oportunidades de desenvolvimento. Nestes últimos seis anos, o MoMA tem estimulado a participação democrática e ativa dos estudantes, contribuindo assim para melhoria de sua formação profissional.

 

GRUPO ARAÇÁ

Criado em 2016, em Poços de Caldas, Minas Gerais, o Araçá é um conjunto de música instrumental brasileira com raiz no Choro. Integrado pelos músicos de formação acadêmica e popular, Jorge Viviani (violão 7 cordas), Otávio Quartier (clarinete), Leo Brasileiro (pandeiro) e Flávio Danza (cavaco). Em 2017, o quarteto esteve em Buenos Aires, Argentina, e tocou em vários espaços consagrados, como no histórico bar La Paz Arriba.

 

PROGRAMAÇÃO

FESTIVAL CHORANDOSEMPARAR

 

SEXTA, 13 DE DEZEMBRO

ARAÇÁ QUARTETO

HORÁRIO: ÀS 17H

LOCAL: SHOPPING IGUATEMI

 

SHOW COMEMORATIVO DOS 107 ANOS DE NASCIMENTO DE LUIZ GONZAGA

HORÁRIO: ÀS 19H

LOCAL: PRAÇA DA XV

 

SÁBADO, 14 DE DEZEMBRO

ENSAIOS ABERTOS E PASSAGEM DE SOM

HORÁRIO: 10H ÀS 18H

LOCAL: PRAÇA DA XV 

​RODA DE CONVERSAS SOBRE A OBRA “VIDA DO VIAJANTE: A SAGA DE LUIZ GONZAGA” POR DOMINIQUE DREYFUS E PALESTRA MUSICAL “OS CHOROS E A MÚSICA INSTRUMENTAL DE LUIZ GONZAGA” POR MARCELO CALDI E FERNANDO GASPARINI 

HORÁRIO: 14H

LOCAL: CENTRO CULTURAL DA USP 

BIG BAND DO PROJETO GURI

HORÁRIO: 19h

Local: Praça XV

 

RODA INSTRUMENTAL DE PALCO – CONVITE A TODOS OS MÚSICOS PARA UM NOITE DE IMPROVISOS​

HORÁRIO: 20h30

​LOCAL: PRAÇA DA XV

 

DOMINGO, 15 DE DEZEMBRO

ENCERRAMENTO COM 12 HORAS DE MÚSICA SEM INTERVALOS

HORÁRIO: 10H ÀS 22H

LOCAL: PRAÇA DA XV

 

MAIS DETALHES, É SÓ ENTRAR NO SITE DO FESTIVAL: CHORANDOSEMPARAR.COM.BR



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo