NESTA QUINTA-FEIRA (19/7) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO (CENTRO/BAIRR0) - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 - AV. MORUMBI (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 3 – AV.DR. HEITOR JOSÉ REALLI (RODOVIA/BAIRRO) – VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

Até o dia 21 de julho, a Biblioteca Comunitária (BCo) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) apresenta a exposição "Ídolos do rock antigo", de autoria da artista plástica e professora de artes, Lívia Maria Rodrigues, proprietária do Ateliê de Pintura e Artesanato Anastácia, localizado em Araraquara (SP).

A mostra reúne telas que homenageiam oito artistas do rock: Bon Scott, Freddie Mercury, Janes Joplin, Jim Morrison, Jimi Hendrix, Kurt Cobain, Ozzy Osbourne e Renato Russo. "A ideia surgiu de um grupo de amigos que apreciam o rock antigo e seus ídolos, considerando-os imortais. Com isso, produzi este material para demonstrar que a arte é um modo de eternizar ídolos, músicas e momentos", sintetiza Rodrigues. As telas estão disponíveis para visitação no Piso 2 da BCo, localizada na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar.

Outra mostra aberta para visitação na Biblioteca é a "Cor e Forma", com telas e cerâmicas de autoria de quatro alunos do Ateliê Anastácia, sendo três com Síndrome de Down - Bruno Sassaki, Cintia Pereira Lira e Mariana Rosalino - e uma pessoa com déficit intelectual leve - Tatiane Linjardi. As obras revelam pinturas variadas, com paisagens e objetos, repletas de cores.

"De um modo geral, a arte desenvolve o ser em três dimensões: sinestésica, intelectual e emocional. A elaboração dessas artes proporcionou uma experiência muito positiva aos alunos.

Ao longo do processo, eles visualizaram cores, tocaram objetos, manusearam lápis e pincel, tentaram corrigir traços e formas, conheceram e criaram. Também desenvolveram concentração, disciplina, estado de calma e tranquilidade, equilíbrio, ligação com o belo e com o bom, o que trouxe um bem, um gostar e um viver mais feliz", destaca a artista plástica. Essa mostra se encontra no saguão principal da Biblioteca.

As exposições são gratuitas, abertas ao público e podem ser visitadas de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas, e aos sábados, entre 8 e 14 horas.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo

Sistema Organização Contabil
Fóvea