OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO EM OPERAÇÃO NESTA QUINTA-FEIRA (21/3) NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 – Avenida Dr. Heitor José Realli (RODOVIA/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - Avenida Dr. Heitor José Realli - (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - Rua José Bonifácio x Rua 1º de Maio (CENTRO/BAIRRO) – VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 kM/H.

 

Até o dia 19 de dezembro, a Biblioteca Comunitária (BCo) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) apresenta ao público duas exposições: "Fé - Francisco, o pobre rico de Assis" e "O grande circo místico", ambas de autoria de Milton Domingues Júnior. A primeira é composta por 10 pinturas em óleo sobre tela que retratam São Francisco de Assis, frade católico da Itália.

"Este é um dos santos mais retratados em toda a história e tenho uma admiração especial por ele, pois o considero um exemplo de transformação, já que transmite mensagens de igualdade, solidariedade, fraternidade e amor ao próximo", relata o artista.

Já a mostra "O grande circo místico" tem produções com colagens inspiradas no poema homônimo de Jorge de Lima, escrito em 1838, que retrata a história de amor entre um aristocrata e uma acrobata e a saga de várias gerações de uma família austríaca, proprietária do Grande Circo Knieps, que esteve sempre à frente do espetáculo com suas histórias fantásticas. "Este poema foi retratado em apresentação para o Balé Teatro Guaíra, de Curitiba, além de ter sido abordado em trilha sonora feita por Chico Buarque e Edu Lobo, e também transformado em filme sob direção de Cacá Diegues, com estreia no Festival de Cannes em 2017 e no Brasil em setembro deste ano.

Ao me encantar e me envolver pelo tema e por suas variadas criações artísticas, tive a ideia de desenvolvê-lo em meu trabalho de colagens, a partir da seleção e recorte de revistas. Nesta exposição, procurei retratar o sagrado e o profano, aproximando duas realidades diferentes e provocando uma imagem inusitada, diferenciada do corriqueiro e do lógico, próxima ao mundo do sonho", explica Domingues Júnior.

As mostras são gratuitas, abertas ao público e podem ser visitadas no saguão principal da BCo, localizada na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar, de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas, e aos sábados, entre 8 e 14 horas. 

Sobre o artista

Milton Domingues Júnior é engenheiro civil, mestre em Engenharia de Transportes pela Universidade de São Paulo (USP) e amante do desenho e da pintura. Estimulado por seus pais, desde a infância desenhava personagens com lápis de cor e canetinhas. Iniciou seus trabalhos com a pintura em óleo sobre tela em 2015, sob orientação da artista plástica e arte educadora Lívia Maria Rodrigues, do Ateliê Anastácia, e realiza trabalhos de colagens há cerca de dois anos.

Participou de curso de colagens com o artista Lauro Monteiro, curso de experimentação e criação com a artista Débora Paiva Andrade e oficina de ilustração com a artista portuguesa Olga Neves.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo