NESTA SEXTA-FEIRA (18/09) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - AVENIDA TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA HENRIQUE GREGORI (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

O prefeito Oswaldo Barba, na manhã desta terça-feira (14) entregou ao fotógrafo José João, conhecido como Alemão, um cheque referente à compra de seu acervo composto por 20 mil fotos. O acervo foi adquirido pela Fundação Pró-Memória de São Carlos.

A solenidade contou com a presença da diretora presidente da Fundação Pró-Memória, Ana Lúcia Cerávolo, do fotógrafo Alemão e com alguns funcionários do departamento de Arquivo da Fundação.

A Fundação Pró-Memória adquiriu o conjunto de fotogramas pelo valor de R$ 28.000,00, sendo R$ 10.200,00 custeados pelo projeto "Valorizar a Cultura Nipo-Brasileira na Cidade, sua História e Tradição" por meio do convênio entre a Fundação Pró-Memória e o Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (CFDD) do Ministério da Justiça e R$ 17.800,00 do orçamento próprio que foi entregue na ocasião.

Os fotogramas, popularmente chamados de negativos, estão sendo higienizados, digitalizados e em breve estarão à disposição da população. "É uma aquisição extremamente importante não para a Fundação Pró-Memória, mas sim para a população de São Carlos, pesquisadores e estudante da cidade", destaca Ana.

Em 46 anos de profissão, Alemão constituiu um acervo com cerca de 20.000 fotos com imagens que retratam diversos temas relativos à cidade de São Carlos, ao Poder Executivo e Legislativo, tais como: fotos aéreas da cidade. Indústrias, movimento sindical, eventos comemorativos do município, inauguração de obras da Prefeitura, desfiles de carnaval, inauguração de Escolas Municipais e Estaduais, obras do SAAE, Coordenadoria de Cultura e Esportes, CONTUR, gabinete do prefeito, entre outros.

Barba destacou o papel importante que a Fundação Pró-Memória exerce em São Carlos. "As fotos do acervo do Alemão traduzem a história da nossa cidade. Cabe a Fundação Pró-Memória preservar esse acervo, digitalizá-lo e, obviamente, aproveitar esse material para fazer publicações resgatando fatos da nossa cidade", destaca.

Alemão começou a sua carreira como fotógrafo em 1965 e em 1969 inaugurou o Estúdio Cine Foto. Neste mesmo ano, começa a fotografar para as reportagens dos jornais "A Folha", "O Diário" e "A Tribuna" cobrindo eventos esportivos, reportagens policiais e eventos políticos. Trabalhou como fotógrafo autônomo registrando eventos da administração municipal de 1968 até 2000 e, deste modo, constituiu um importante acervo fotográfico da cidade. O fotógrafo encerrou em abril de 2011 as atividades profissionais de seu estúdio.

Além do seu próprio trabalho, o fotógrafo conservou, por cerca de 30 anos, 850 fotogramas que retratam a cidade na década de 1950, como por exemplo do fotógrafo Porceno Marinho, que registraram particularmente o Centenário de São Carlos.

Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo