Nesta sexta-feira (17/11), os radares móveis estarão nas seguintes vias: 

RADAR 1 – Av. Morumbi (Centro/Bairro) velocidade máxima permitida de 50 km/h; 

RADAR 2 – Av.Dr. Heitor José Realli (Rodovia/Bairro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 - Av.Dr. Heitor José Realli (Bairro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Assessores parlamentares procuraram a coluna para contar esta novidade. A Câmara vai instalar relógio de ponto para assessores parlamentares. As informações dão conta que há um acordo, uma espécie de TAC com o Ministério Público. Vale dizer que a Câmara tem relógio de ponto, mas agora os cargos de confiança "picarão" o cartão.

Agrado?

A medida, é claro, não agradou a todos, principalmente aqueles que são pouco encontrados na Casa. Os que sempre estão no Legislativo também reclamam. Para eles, essa história de entrar e sair no horário certinho não funciona, tendo em vista que trabalham muito mais do que o exigido pela lei.

A saber

E tem mais: hora extra para cargo de confiança não existe, mas a partir do momento em que implantarem o cartão de ponto e os assessores – alguns deles, claro – mostrarem o quanto trabalham e não receberem pelas horas, não vai existir contestação trabalhista na Justiça futuramente? Essa história é um imbróglio desgraçado.

"Macuco no borná"

O comunicador Carlinhos Lima disse em seu programa de rádio que um parente de vereador está nomeado no SAAE. O assunto já tinha virado um furdunço na autarquia faz algumas semanas. Muitos servidores dizem que a moça é irmã do edil.

"Macuco no borná" II

O engraçado é que o parlamentar tem defendido com unhas e dentes a autarquia nos últimos tempos. Não vamos divulgar o nome porque, confessamos, não conseguimos apurar essa história em sua totalidade, mas se for verdade, vamos socar a bota.

Coisa boa

Uma boa notícia para São Carlos. Os bloqueios judiciais acabaram. E com eles acabou também a história de colocar a culpa pela ineficácia da gestão nos malditos bloqueios...

Recado

Pra quem vestiu o terno antes da hora, um recado. O vereador Paraná se recupera bem da saúde. Já deixou a cadeira de rodas e está de andador. Quem sabe, logo logo, abandona este apoio também.

Coração

O vereador Edson Fermiano disse que o vereador Bragatto ainda tem o coração tucano ao relembrar que o colega de Câmara foi candidato a vice-prefeito de Altomani no passado.

CPI?

A briga vereador Freire/SAAE está longe do fim. O vereador está pedindo informações sobre os pagamentos realizados à empresa CG Engenharia, que faz o serviço de recape das ruas para a autarquia.

CPI? II

Dizem que, se o vereador encontrar pêlo em ovo, pode sugerir a abertura de uma CPI. Quem está a fim de privatizar o SAAE, crê que esta é uma boa alternativa de derrubar, definitivamente, o presidente Sérgio Pepino.

Taxativo

O vereador Júlio César foi incisivo nas críticas ao governo Altomani. Disse que se não retomarem as cirurgias eletivas, deixa a base tucana.

Duro

O democrata disse não acreditar que os bloqueios impediram a paralisação das cirurgias. A gente repete: que bom que acabaram os bloqueios. Com eles, se vão as desculpas.

Pensamento

"É hora de emergir, resista, levante-se novamente, nunca foi e nunca será quebrado..." (Five Finger Death Punch). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo