Rua Lourenço Innocentini
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Dr. Marino da Costa Terra
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Rua Dr. Marino da Costa Terra
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h

Depois que a epidemia de dengue se instalou na cidade, a Prefeitura surge com uma médica, que traz um milagre. A prevenção da Dengue por meio da homeopatia. Aqui não há especialistas para duvidar do método, mas também não existem ignorantes que não possam fazer uma reflexão: se o medicamento fosse 100% eficaz e comprovado, a Anvisa não estaria distribuindo o medicamento na rede?

Qual é o melhor remédio?

O melhor remédio para combater a Dengue é a limpeza e a prevenção. No primeiro aspecto, a Secretaria de Serviços Públicos deixou a desejar, mas agora corre contra o prejuízo. Antes tarde do que nunca. Trazer andorinha é outra bobagem.

Namoro ou amizade?

Dé Alvim é a nova alma gêmea do prefeito Paulo Altomani. São carne e unha. No sábado, no mutirão de combate à dengue, os dois não se largavam. Até pegaram em vassoura para limpar o bairro.

Turbinar

Dé Alvim quer turbinar o Solidariedade para as eleições de 2016. Por isso não larga do prefeito e do vice, Claudio Di Salvo, que prometem centenas de filiações ao partido dele.

Quanto custa?

Aqui do nosso cantinho, resta-nos perguntar: quanto custa tanto afago? Nas últimas sessões, Dé Alvim não tem participado das votações. Não discursou a favor do governo em nenhum momento, não esteve presente em nenhuma votação em que o prefeito sofreu derrotas acachapantes.

Quanto custa?II

Na sessão de ontem, Dé estava inscrito para o uso da tribuna. Poderia fazer um discurso lindo pró-governo, mas não estava em plenário. Sinceramente, talvez o governo comprou gato por lebre.

Prestigiado

Ofereceram um bolinho para Claudio Di Salvo na última terça-feira, por conta do seu aniversário. Apenas quatro vereadores compareceram, inclusive Dé Alvim, que serviu refrigerante, salgadinho e deu guardanapo para o vice limpar a boca.

Embate

Em duas ocasiões, o prefeito Paulo Altomani foi pra cima do PT na semana passada. Na posse do secretário Panone e em um evento de Jipes e Gaiolas, o prefeito foi categórico: disse que o PT roubou a cidade por 12 anos.

Contra-ataque

O PT chegou o talo no prefeito em uma nota contundente dos ex-prefeitos Newton Lima e Oswaldo Barba: "São Carlos está sendo (des)governada por alguém que perdeu completamente o controle sobre os próprios atos. Depois de dizer que os vereadores recebiam 'benefícios' no passado e de criticar a postura dos membros do judiciário, o prefeito PauloAltomani resolveu justificar sua falta de competência na organização de um evento automobilístico com calúnias e difamação, ao dizer que o "PT roubou a cidade por 12 anos", diz a nota.

Desdobramento

O PT de São Carlos publicou uma nota de repúdio, informando que tomará as medidas judiciais cabíveis. Os ex-prefeitos Newton Lima e Oswaldo Barba, rechaçaram veementemente essas injúrias.

Reação

Diz a nota dos ex-prefeitos: "Mais de dois anos depois, o prefeito continua culpando as administrações anteriores, que tanto fizeram pela cidade. Não consegue aceitar que seu governo fracassou, que sua própria base na Câmara reconhece esse fracasso".

Continua

"Mais de vinte secretários abandonaram o barco, há três anos os alunos não têm uniforme escolar, o Hospital-Escola está paralisado, a UPA do Santa Felícia foi entregue com dois anos de atraso, o SAAE perdeu R$ 17 milhões para obras de saneamento no Varjão e as obras da Praça Itália estão paradas. Sem contar a destruição de políticas públicas de sucesso implantadas por nós nas áreas de cultura, educação, saúde, meio ambiente e direitos humanos".

Insultos?

"Ao invés de insultar, o prefeito deveria se preocupar com a limpeza pública porque o seu desleixo provocou o acúmulo de lixo e mergulhou a cidade na primeira epidemia de dengue da sua história".

Bloqueios

"O descontrole verbal do prefeito seria cômico, não fosse trágico. Ele diz que os bloqueios judiciais – que prejudicam o município, evidentemente – inviabilizam a administração quando na verdade representam apenas 7% da receita. Foi ele quem disse que administrar a cidade era tarefa fácil. Ao completar 100 dias de governo, ele apresentou o boletim de caixa com R$ 120 milhões".

Mirabolantes

"Como não consegue cumprir com as mirabolantes e enganosas promessas que fez, o prefeito continua delirando e desrespeitando a classe política, o judiciário e os cidadãos. A sociedade exige que o prefeito prove que governar o município é tarefa fácil", encerrou.

Toca

Diante desta contundente reação, analistas da política acreditam que, finalmente, o PT saiu da toca.

Rocha

Ele pode falar errado, mas quando precisa trabalhar não tem corpo mole. O vereador Sérgio Rocha, diferente dos demais vereadores que participaram do mutirão da dengue no Presidente Collor e Cidade Aracy, deixou de lado as fotografias para "inglês ver", enxadas e vassouras e colocou a mão na massa.

Rocha II

Além de trabalhar ajudando a carregar os mais variados tipos de materiais, ele ainda disponibilizou dois caminhões de sua propriedade para ajudar na campanha. Esta não é a primeira vez que Sérgio Rocha arregaça as mangas e saiu na rua colhendo material que pode servir como criadouro da dengue.

Pensamento

"A política é uma guerra sem derramamento de sangue, e a guerra uma política com derramamento de sangue". (Mao Tse-Tung). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo