Nesta sexta-feira (17/11), os radares móveis estarão nas seguintes vias: 

RADAR 1 – Av. Morumbi (Centro/Bairro) velocidade máxima permitida de 50 km/h; 

RADAR 2 – Av.Dr. Heitor José Realli (Rodovia/Bairro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 - Av.Dr. Heitor José Realli (Bairro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Há várias colunas tratamos da ineficácia do Orçamento Participativo. Dissemos inclusive que o nome havia passado por uma transformação, de Participativo para Enganativo. E assim o continuará para todo o sempre – ou até uma intervenção do Ministério Público, quem sabe.

Sem orçamento

Preste atenção, caro leitor. O Orçamento Participativo não terá Orçamento para 2015. Isso mesmo: não terá grana para tocar nada. A secretária de Planejamento e Gestão, Helena Antunes, afirmou que a pasta terá apenas os R$ 41 mil destinados ao pagamento do prédio na José Bonifácio.

Pra que?

O Orçamento Participativo tem um coordenador, que ganha mais de R$ 5 mil. Diretor, que ganha salário semelhante e outros assessores. A pergunta que fica é. Se não tem verba pra nada, pra que esse povo?

Novo nome

O Orçamento Participativo, que na administração Paulo Altomani ganhou o nome de Orçamento Enganativo, passará a ter novo nome em 2015: Orçamento Encostativo.

Encostativo?

Sim, Orçamento Encostativo. É para encostar alguns cargos políticos, que estão na Prefeitura em função de negociações escusas de apoio à administração.

E o projeto?

Interessante que há tempos a Prefeitura, mais exatamente em maio, foi lançado o projeto Prefeitura nos Bairros, considerado um novo modelo de Orçamento Participativo. Quem caiu nessa lorota levanta a mão! Euuuuuuu!

Ficando claro

O Orçamento Participativo, na época do PT, também era capenga. Obras votadas em meados de 2001 estavam emperradas até outro dia.

Reforma

A conversa de bastidor é que Altomani tem em sua gaveta seis nomes de secretários que podem deixar o governo em 2015.

Interesse

O vereador Dé Alvim, do Solidariedade, estaria interessado em uma das pastas. Será que é por isso que Dé está defendendo tanto ultimamente?

Vice

As últimas informações do Edifício Euclides da Cunha dão conta que o acerto para a eleição de Lucão Fernandes está condicionada à vice-presidência da Câmara, que deve ficar com Marquinho Amaral.

Trombada

E não é que o secretário interino permanente de trânsito, Márcio Marino, deu literalmente uma trombada. Quando da implantação da Travessia Segura na Vila Nery, ele colocou cones que impediam a conversão para a entrada no União Serv.

Trombada II

Com os cones, o motorista que vinha do centro e pretendia fazer a conversão para entrar no supermercado, não podia. Tinha de fazer o retorno praticamente na porta de outro supermercado – o Dia da Vila Nery.

Conclusão

Por impulso onde o consumidor apressado parava? No segundo mercado, claro. O resultado foi o desaparecimento dos cones na porta do União Serv. Ninguém sabe, ninguém viu.

Corda bamba

Setores dos mais entendidos e elevados do Paço Municipal garantem: o secretário de Comunicação, Moisés Rocha, está na corda bamba. Mais já?, pergunta o colunista, que acredita: é muito cedo para avaliar o trabalho do moço. Ou não?

Ferveu

Telefones de servidores da Habitação e adjacências ferveram na última terça-feira, quando uma equipe terceirizada do SAAE foi cortar a água da secretaria de Habitação. Muitas pessoas da imprensa foram comunicadas sobre o ato.

Pimenta no c...

O que se percebe é que tem gente nessa administração querendo apagar fogo com gasolina. Ou etanol, o combustível completão. Quanta unidade em torno de um governo, não acham?

À altura

A Caixa Econômica Federal deu uma resposta à altura ao prefeito Paulo Altomani. Quem manda nas casas do Minha Casa, Minha Vida é a Caixa. Essa história de incitar as invasões em pleno sorteio de moradias no último domingo foi um ato que beirou a insanidade.

É nóis

O resultado, todos já sabem: a polícia teve de intervir na última quarta-feira, pois algumas famílias cumpriram o pedido de Altomani e invadiram as casas.

É nóis II

Se existir alguma irregularidade, até a Polícia Federal pode intervir no caso. O prefeito tem de parar com essa mania de descarregar um caminhão de abobrinhas sem conhecimento. Lei é lei e hierarquia é hierarquia.

Abre olho

Alô senhor arquiteto Luiz Carlos Triques, presidente da Fundação Pró Memória. Abre o olho que tem gente de olho no senhor, informações que chegaram à redação não são nada boas. Quem avisa amigo é.

Abre o olho II

Outro que precisa abrir o olho e bem aberto é o vereador José Luis Rabello (PSDB). Está todo mundo reclamando do excesso de falta do parlamentar nas sessões. Esta semana quase todas as emissoras de rádio da cidade, comentaram a respeito. Rabello o senhor está com algum problema?

E a Saúde ?

Bom a saúde no município está ótima...Para o secretário, prefeito, etc...Já para o povo...

Jogos Abertos

São Carlos está participando dos Jogos Abertos? Tem atleta lá, mas ninguém está divulgando nada. Já foi melhor hein...

Vergonha

Alô MP e interessados. Analisem direito se houver interesse o Diário Oficial do Município. Está ocorrendo alguns troca-trocas de cargos. Tem gente sendo exonerado na Administração e indo para Fundações. Em partes ocorre o seguinte: A Prefeitura cumpre a determinação da Justiça de exonerar cargos em comissão que deveriam ser de servidores concursados e ao mesmo tempo, transferem estas pessoas para outras funções comissionadas previstas na Lei em outros setores da Prefeitura. No Diário Oficial desta sexta-feira (21) temos pelo menos um exemplo.

Até quarta-feira

O brasileiro, quando não é canalha na véspera, é canalha no dia seguinte (Nelson Rodrigues). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo