Nesta sexta-feira (17/11), os radares móveis estarão nas seguintes vias: 

RADAR 1 – Av. Morumbi (Centro/Bairro) velocidade máxima permitida de 50 km/h; 

RADAR 2 – Av.Dr. Heitor José Realli (Rodovia/Bairro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 - Av.Dr. Heitor José Realli (Bairro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Fidelidade na política e tão rara que é bem mais fácil encontrar cabeça de bacalhau. A votação do projeto de federalização do Hospital Escola, porém, mostrou um grupo quase que praticamente fechado com Marquinho Amaral, até a página 2, que fique bem claro. Quase todos os vereadores ressaltaram o papel de interlocutor no processo de encaminhamento da federalização do Hospital Escola, uma resposta clara ao vereador Catharino, que nos bastidores impediu a votação do projeto na semana passada – em troca aprovaram a Parada das Flores por puro capricho.

Mágoa

Marquinho não esconde de ninguém. Está magoado com Catharino, o experiente vereador, de 33 anos como legislador, que costuma dizer que é o padrinho político de Marquinho e que costumava puxá-lo pela calça ainda curta, é claro.

Mágoa

No projeto de federalização do Hospital Escola, Catharino teria esquecido a liderança de Marquinho e tentou dar um chapéu no presidente, assumindo o antagonismo do projeto para si.

Esnucada do " vai bem"

Edson Fermiano, que está atravessado com Catharino na garganta, afinal o velho Cathá quer ser o presidente do Legislativo tirando Fermiano do páreo, fez um discurso duro. Chamou Catharino de demagogo e individualista por pensar apenas no projeto Parada das Flores. É, a coisa ficou preta.

Destemido

Alberto Santos, jornalista, parceiro do Mendes Aguiar e amigo do Ci do Salgado, não está com papas na língua. Na entrevista com o secretário de Planejamento e Gestão, Júlio César, que volta à Câmara na próxima terça-feira, ele cobrou o cumprimento da lei ficha limpa, projeto de Júlio César.

Destemido II

Alberto Santos disse que um condenado por dois homicídios e preso sob suspeita de ser traficante era funcionário de confiança. Rapidamente, Júlio disse que o sujeito já estava exonerado. A pergunta é: existem outros fichas sujas? Esperamos que não!

Escorregada

Alfredo Colenci Júnior, o novo secretário de Planejamento e Gestão, deu uma escorregada que, se alguém gravou, pode dar problema a Júlio César. No discurso de transmissão do cargo, ele disse que trabalharia pela eleição de Júlio César. Pra quem  não sabe, Júlio César quer ser deputado estadual.

Recadinho

Ao amigo que encontramos na porta da Câmara. Formar opinião é uma coisa, impor opinião é outra.

Pardais

O Movimento "Fora Altomani" perde, a cada dia, força em função de uma organização inconsequente. O coordenador regional da Apeoesp, Ronaldo Motta, vai à Câmara para falar dos 50 anos do golpe militar, aproveita a brecha e coloca um discurso pedindo a retirada do prefeito do poder. Que credibilidade terá esse grupo no futuro se ludibriam o próprio Poder Legislativo constituído pelo voto popular, independente da qualidade dos parlamentares?

Repúdio

Os engenheiros Ivo Nicoletti e Geraldo Luiz Fernandes cumprimentaram Lineu Navarro pela audiência pública que tratou as questões da habitação, mas ficaram horrorizados com um político do qual a imprensa faz questão de não pronunciar o nome, que partiu para a baixaria e ofendeu moralmente a secretária Lauanna Campagnoli e o chefe de Gabinete Caio Sacchi.

Repúdio II

Esse sujeito depõe contra o Poder Legislativo. O cara pinta como moralista, mas não fala que o nervosismo ocorreu porque exoneraram um cargo dele da Habitação por pura incompetência.

Chute

Durante discurso na sessão de terça-feira, Paraná disse que repreendeu o filho pela nomeação no SAAE. Chegou até a dar um chute no menino, que está arrependido e a situação na família, ao que parece, já está entrando nos eixos. Quem bom! Todos da família são gente boa.

Em família

Dhonny, o outro filho do Paraná, foi visto no paço durante a solenidade de despedida de Júlio César. Não perdendo a oportunidade, Altomani citou o nome do jovem, ao comentar em seu discurso, que está concluindo uma importante obra no bairro Aracy. Pelo visto, pai e filhos estão com visões bem distintas sobre o gerenciamento da cidade? Ou foi uma feliz coincidência? Quem tem razão?

Mui amigo

Dentro do pacote de exonerações ocorrido na última sexta, todos ficaram surpresos com a saída de um amigo pessoal do prefeito. O comentário dos fofoqueiros de plantão é: "Se ele trata assim os amigos, imagine os inimigos".

Estrelas

Ao dizer que não tira o chapéu para o colega Júlio César, o vereador Dé transformou a sessão ordinária no saudoso programa Almoço com as Estrelas apresentado pelo casal Airton e Lolita Rodrigues. Caso suas solicitações não forem cumpridas pela atual gestão,  Dé providenciará muitos chicotinhos para o prefeito e sua trupe.

Indigesto

A rádio peão do SAAE está em polvorosa. Muitos na autarquia apostam na exoneração de Pepino e no retorno do eterno cargo de confiança, Eduardo Cotrim. Como diz o célebre Rui Cereda: "Quem viver, verá!"

Mutilação

Iluminados do SAAE decidiram tirar as páginas de um jornal que criticavam ferozmente a administração do atual presidente durante a edição de terça. Com a tecnologia atual, este tipo de procedimento idiota leva o nada a lugar nenhum. Seria mais fácil, Pepino azeitar a sua equipe e promover uma gestão mais eficiente para o caos que se encontra a cidade.

Pau mandado?

A coluna tenta ouvir todos os programas jornalísticos de rádio. Às vezes, a nossa marcha escapa, mas tentamos manter a fidelidade no propósito. Tem um homem que participa TODOS OS DIAS do programa do Leite, na Rádio Realidade, que fala bem do Júlio César TODOS OS DIAS. É  mais ou menos assim: que dia ensolarado, Leite, isso tem o dedo do Júlio César! Menos, né cidadão!!!

Será?

Deu piripaque no cérebro. Será que faltou algum assunto?

Sexta tem mais

Sinto você me chupando, seu gemido me enlouquece, procuro o teu corpo e não acho, acendo a luz e, agora te pego, seu pernilongo desgraçado!!! Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo