Nesta sexta-feira (17/11), os radares móveis estarão nas seguintes vias: 

RADAR 1 – Av. Morumbi (Centro/Bairro) velocidade máxima permitida de 50 km/h; 

RADAR 2 – Av.Dr. Heitor José Realli (Rodovia/Bairro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 - Av.Dr. Heitor José Realli (Bairro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Gente, privatizar um serviço público pode ter as suas vantagens, quando o serviço atual é uma porcaria. É isso que estão querendo fazer com o SAAE: deixar a situação da autarquia insustentável. Tem gente da política, inclusive alguns vereadorzinhos medíocres, que vão aparecer na próxima sessão da Câmara dando exemplos bem sucedidos da privatização do serviço de água de Limeira.

Mas, por que não mostrar os péssimos serviços? Veja o caso da CPFL, que foi privatizada, a Zona Leste (região do Fagá) tem falta de energia semanalmente, uma vergonha! E nas cidades pequenas? O comércio sofre todas as mazelas da falta de energia, com enormes prejuízos. E a conta de energia é caríssima. Além disso, a manutenção da rede de energia elétrica das ruas será repassada para o cidadão. Vamos refletir? A privatização beneficia a quem? Ao cidadão, claro que não!

Batata quente

Marquinho Amaral tirou o da Câmara da reta e jogou a batata quente no colo de Altomani sobre a privatização do SAAE. E aí, Altomani, o senhor é a favor ou contra a privatização?

Interessante

Bastante interessante a entrevista do prefeito Paulo Altomani na TVE que você pode acompanhar clicando aqui. (precisa estar conectado ao Facebook para ver a entrevista). Ele mostra que na teoria a prática é outra.

Interessante II

Altomani diz que entram R$ 3 milhões todos os dias na Prefeitura, dinheiro oriundo de impostos. E crava que a sua administração investe no essencial e corta o supérfluo. A gente vê bem isso: dá meio milhão pra iluminação do Natal e deixa a cidade no mato.

Outra

Altomani diz que agiu com sensibilidade na desativação do Albergue Infantil da Vila Nery, que segundo ele, era uma gaiola, mas se omitiu no caso da denúncia de Leandrinho World Dance sobre os castigos de três horas às crianças do Maria Ermantina Tarpani.

Por falar em Leandrinho...

Comenta-se nos bastidores que a traição do ex-tucano do Aracy vai fazer a batata assar. O grupo jurídico da Prefeitura estuda uma maneira de enquadrar o jovem, principalmente pela exposição de crianças no vídeo.

Voltando à entrevista

Altomani disse que vai instalar lousa digital em todas as escolas a partir de 2014 e var dar um tablet com internet livre para os alunos estudarem. Não acabou: ele também prometeu tradução simultânea com professor da Coréia do Sul, segundo ele, uma sumidade em educação.

Destruída

Altomani voltou a dizer que pegou uma cidade destruída e que faltava bastante água na cidade, inclusive no Aracy. A pergunta é: o que mudou na administração dele? Um doente de câncer teve que implorar para a imprensa inteira para ter água na casa dele, na Vila Nery. No Aracy, nas casas ao lado da caixa d´água, faltava água. Disse também que vai construir uma ponte de safena no Ribeirão Feijão para melhorar a distribuição de água que, convenhamos, está infartada e foi herdada do PMDB, que administrava o SAAE e hoje dá apoio a este governo.

Rua do ofício

Na entrevista da TVE, o prefeito também prometeu criar a Rua do Ofício. O padeiro, o barbeiro, o tintureiro mora no andar de cima de casa e, embaixo, monta o seu comércio. Será que a promessa sai do papel?

Hostil

Dizem que Júlio César vai pegar um ambiente hostil na Câmara, entre vereadores e assessores, quando voltar ao trabalho no Legislativo. Tudo porque, segundo esses vereadores, Júlio César esqueceu as origens e não atendeu às reivindicações dos colegas de Câmara. Vamos aguardar esse comportamento

Pense

"Se mulher fosse fácil de entender, psicólogo não existiria." Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo