NESTA SEXTA-FEIRA (07/08) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS:

RADAR 1 - RUA RUI BARBOSA (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 40 KM/H;

RADAR 2 - RUA MIGUEL PETRONI (BAIRRO/RODOVIA) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINICIUS DE M. MORAES - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H.

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, confirmou nesta segunda-feira (13/07), um caso positivo de COVID-19 de um morador em situação de rua que frequenta a Casa de Acolhimento (antigo albergue noturno), localizado na Vila Marina.

Trata-se de um homem de 32 anos que assim que apresentou os primeiros sintomas foi encaminhado para uma unidade de saúde e imediatamente fez a coleta para realização de exame. Ele passa bem, não teve necessidade de internação e foi isolado dos demais frequentadores da Casa de Passagem logo que apresentou os sintomas.

“Assim que ficamos sabendo já tomamos as medidas necessárias e como determina o protocolo todos os demais moradores em situação de rua em acolhimento serão testados pela equipe da Vigilância Epidemiológica”, esclarece Glaziela Solfa Marques, secretária de Cidadania e Assistência Social, lembrando que desde o início da pandemia todos recebem um kit de higiene pessoal com máscaras, álcool em gel, sabonete e toalha e que todas as medidas preventivas têm sido tomadas como distanciamento social, orientações constantes, higienização sistemática dos ambientes, entre outras medidas.

A Prefeitura de São Carlos recentemente reformou a Casa de Passagem que em virtude da pandemia está acolhendo pessoas em situação de rua agora em tempo integral para garantir a quarentena. O local atende hoje 30 pessoas por dia.

Mais de 200 pessoas tem registro de passagem pelas ruas em São Carlos, porém a maioria já recebe atendimento em unidades municipais como no Centro POP (Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua). O Serviço de Abordagem de Rua também é realizado diariamente, sensibilizando as pessoas que ainda estão nas ruas e convidando para que frequentem os serviços existentes.

A pasta da Cidadania realiza, ainda, a operação frente fria, com rondas realizadas nos dias de inverno. A equipe visita todos os pontos e os moradores são convidados a pernoitar na Casa de Passagem ou em espaços preparados em paróquias da cidade que realizam um trabalho voluntário nessa área.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo